Os temos de uso e política de privacidade do Snapchat têm causado bastante polêmica na Internet. O texto dos documentos, modificado na última semana de outubro, dá mais poder à empresa em relação aos vídeos e fotos compartilhados no aplicativo. 

Snapchat tem 15 truques e configurações secretas; confira

A partir de agora, o usuário deve permitir que a empresa tenha o direito de exibir publicamente qualquer conteúdo no app. O Snapchat, no entanto, afirma que tanto os snaps quanto as conversas são apagados dos servidores, mas que as novas regras foram necessárias por causa de novos recursos, como o Live Stories.

Aplicativo alterou política de privacidade na última semana de outubro (Foto: Lucas Mendes/TechTudo)

Seu snap em um telão

Com o novo termo, a companhia poderia, por exemplo, exibir suas mensagens em um telão, e, teoricamente, você não poderia reclamar, por ter concordado com o documento. “Você concede ao Snapchat uma licença para hospedar, armazenar, usar, exibir, reproduzir, modificar, adaptar, editar, publicar, criar trabalhos derivados, executar publicamente o conteúdo em qualquer forma e em toda e qualquer mídia ou métodos de distribuição”, diz um trecho do contrato, em tradução livre.

Para completar, as novas regras podem ainda dar o direito a parceiros comerciais do Snapchat para usar o nome, a imagem e a voz de qualquer usuário em vários canais de distribuição. 

Os termos da rede social foram descobertos e postados no Twitter pelo ator americano Kal Penn, usuário do Snapchat. Os tuítes logo ganharam repercussão entre os usuários e na imprensa.

Linguagem mais simples

Em nota no blog oficial, o Snapchat explicou os motivos para a mudança nos documentos. Um deles seria deixar os termos com uma linguagem mais simples. O outro seria devido aos novos recursos empregados no aplicativo, como o Live Stories, o Lenses e a possibilidade de c

... omprar replays.

Problemas no Snapchat? Comente no Fórum do TechTudo.

Apesar disso, a empresa desenvolvedora do Snapchat continua a afirmar que, após a visualização, todo o conteúdo não permanece mais em seus servidores. Políticas de privacidade têm sido alvos recorrentes de protestos. Em agosto, o Spotify pediu desculpas publicamente e obrigou o CEO da empresa a dar mais detalhes sobre o que fazia com os dados dos usuários.

Via Marketwatch e Snapchat



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.