A Mi Band, pulseira inteligente da Xiaomi, começou a ser vendida no Brasil nesta quarta-feira (11). O gadget é compatível com Android e iPhone e monitora os movimentos e qualidade do sono do usuário. A empresa iniciou uma campanha no Twitter na última quinta-feira (5) para dar início às vendas quando atingisse uma quantidade não revelada de tuítes. A meta foi alcançada e a Mi Band foi liberada para compra online pelo preço de R$ 95,00.

Mi Band vale a pena? Conheça as funções da pulseira da Xiaomi

Mi Band começa a ser vendida no Brasil (Foto: Alessandro Junior/TechTudo)

Além de monitorar atividades físicas e o sono, a Mi Band pode ser configurada para funcionar como alarme e receber notificações de ligações, SMS e de até três aplicativos. Nos smartphones Xiaomi e celulares com Android Lollipop, a pulseira pode ser usada como dispositivo seguro, dispensando senhas ou padrões de desbloqueio.

A Mi Band se conecta com dispositivos Android (a partir da versão 4.4) e iPhone por meio de Bluetooth. Todas as informações coletadas são exibidas no aplicativo Mi Fit, que exibe dados como distância percorrida, estimativa de calorias perdidas e g

... ráficos dos dias anteriores.

Xiaomi no Brasil: vale a pena comprar? Opine no Fórum do TechTudo.

A pulseira inteligente da Xiaomi tem certificação IP67 de resistência à água, bateria de 41 mAh capaz de mantê-la ligada por até 30 dias, segundo a fabricante. Na face da Mi Band há um conjunto de LEDs que indicam a quantidade de carga disponível.



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.