A chegada do Surface Book e a desatualização do MacBook Air 2013 acirrou a rivalidade entre Microsoft e Apple.  Embora tenha hardware que promete desempenho superior ao MacBook Air de 13 polegadas, é possível comparar o computador da Microsoft com o laptop em diversos quesitos, que vão do design ao preço.

Surface Book x Macbook Pro Retina: veja quem ganha briga de notebooks potentes

Mas, então, qual notebook é melhor investir: na segurança da Apple ou na inovação da Microsoft? Confira o comparativo que o TechTudo fez e veja qual se encaixa melhor para você.

Comparativo entre Surface Book e MacBook 2013: qual top é melhor? (Foto: Arte/TechTudo)

Desempenho: Surface Book

Há várias versões de ambos os produtos. Mas o Surface Book sai na frente por conta do fato de já usar processadores Skylake da Intel enquanto os MacBook Air ainda são oferecidos com os Broadwell.

Surface Book é a resposta da Microsoft aos MacBooks (Foto: Reprodução/Microsoft)

O uso das CPU de arquitetura mais recente dá ao computador da Microsoft vantagem em termos de desempenho, já que os novos chips da Intel são mais rápidos, especialmente na performance gráfica. Enquanto é possível encontrar Surfaces com processadores Core i7, os MacBooks Air rodam apenas versões i5, o que em si já demostra a vantagem da Microsoft na comparação.

Outro ponto de vantagem da Microsoft é o uso de GPU dedicada. Versões mais caras do Surface Book podem usar um chip da Nvidia, que fazem do computador muito mais rápido em qualquer atividade que dependa de processamento gráfico. O MacBook Air não oferece esse tipo de tecnologia, tendo todo o trabalho gráfico restrito às capacidades da GPU embutida da Intel.

Design: MacBook Air

Design pode ser subjetivo, mas o desenho mais tradicional do MacBook Air permite maior portabilidade (Foto: Divulgação/Apple)

É difícil negar o charme a inovação do mecanismo de dobradiças do Surface Book, mas o design do MacBook Air oferece ao computador portátil da Apple vantagens sobre o rival: é mais leve e mais portátil.

O MacBook Air com tela de 13 polegadas pesa 1,35 kg. O Surface Book é mais pesad

... o, com 1,5 kg. O peso maior do Surface está relacionado com o reforço estrutural da máquina para suportar o uso tanto como tablet, como laptop. Além do peso, dimensões físicas devem ser consideradas já que o Surface tem tela de 13,5 polegadas enquanto que o MacBook Air tem tela de 13,3.

Outra vantagem do Air nesse confronto é o design mais tradicional. Quando em repouso e com a tela deitada, o MacBook Air acaba com um perfil extremamente fino de apenas 1,7 cm no ponto mais espesso, ideal para caber em qualquer mochila. Por outro lado, o Surface Book, no ponto mais alto, tem 22,8 cm.

Tela: Surface Book

A vitória é clara para o produto da Microsoft. Com tela de 3000 x 2000 pixels, o computador com Windows 10 permite imagens muito mais nítidas em virtude da densidade de 227 pontos por polegada. O MacBook Air tem tela com 1440 x 900 pixels, o que garante ao dispositivo a densidade de 128 pontos por polegada.

Tela mais densa garante ao Surface Book mais riqueza de detalhes e melhor desempenho em aplicações gráficas (Foto: Divulgação/Microsoft)

Outro ponto de destaque é o fato de que a tela do Surface Book é sensível ao toque e permite que o usuário realize comandos com os dedos, ou com uma caneta que acompanha o notebook. O laptop da Apple não tem interface touch na tela.

Versatilidade: Surface Book

A Microsoft apresentou o Surface Book como um notebook em tempo integral, mas que pode ser usado facilmente como tablet.

Surface Book pode ser usado como notebook e como tablet (Foto: Divulgação/Microsoft)

É possível destacar a tela do computador para usá-lo nesse modo por até três horas, tirando proveito da tela de alta resolução, do hardware potente controlado pelos processadores da Intel, e pela comodidade de controlar o dispositivo com comandos de voz, via Cortana, e toques com os dedos, ou com a Surface Pen.

Além disso, usando o mecanismo de dobradiça presente no teclado, o usuário pode usar o Surface no modo tenda, bastante confortável para assistir vídeos.

Bateria: Empate

Ambos são apresentados por Microsoft e Apple como equipamentos com autonomia de 12 horas de uso, embora variações nesse limite possam ocorrer dependendo do tipo de atividade que o usuário realiza. Mas, no máximo de autonomia, ambos os fabricantes estabelecem que seus computadores oferecem 12 horas de duração máxima assistindo vídeos.

Sistema operacional: Empate

O duelo entre Windows 10 e OS X El Capitan não é um comparativo fácil. Ambas as plataformas oferecem vantagens e desvantagens mas, a rigor, são bastante iguais, especialmente no uso de um notebook.

Esperar o Surface chegar no Brasil, importar ou comprar outro? Dê sua opinião no Fórum do TechTudo.

O sistema da Apple é sempre elogiado por ser extremamente otimizado para rodar nos computadores da empresa. Do outro lado, o Windows 10 tem a versatilidade da Cortana e do suporte à tela touch, além dos milhões e milhões de aplicativos.

Preço: MacBook Air

MacBook Air é vendido oficialmente no Brasil, ao contrário do Surface Book (Foto: Divulgação/Apple)

O MacBook Air tem duas vantagens grandes, ao menos na perspectiva do consumidor brasileiro: é mais barato e fácil de achar do que o Surface Book. O laptop da Apple é vendido oficialmente no Brasil, ao passo que o lançamento da Microsoft não tem previsão de ser comercializado aqui, o que significa que interessados no produto precisam importá-lo de outros lugares. Nos Estados Unidos, o Surface Book tem preço de entrada de US$ 1.499 (R$ 5.645, em conversão direta).

Por outro lado, o MacBook Air é vendido pela Apple a partir de R$ 8.499. Pode parecer mais caro, mas é preciso considerar que a importação por conta do Surface Book pode representar custos agregados de taxas alfandegárias e valores de passagens aéreas, além de variações da cotação do dólar do momento da compra.

Conclusão: Surface Book

Além de mais parrudo, no geral, o Surface Book é um computador mais completo (Foto: Divulgação/Microsoft)

Apesar do preço e das dificuldades em encontrar um Surface Book no Brasil, o primeiro notebook da Microsoft se destaca no comparativo diante do MacBook Air pela versatilidade aliada ao hardware mais poderoso.

Embora o MacBook Air seja mais fácil de achar e mais portátil, os sacrifícios feitos pela Microsoft em termos de portabilidade garantem ao Surface Book vantagens difíceis de serem superadas pela atual geração de laptops da Apple, que não são tão versáteis.

No fundo, a conclusão desse comparativo é: ao decidir por um ou outro, você deve opor os pontos fortes de cada um para determinar o que é realmente importante para você: configuração potente e versatilidade de um lado, ou preço e portabilidade, do outro.

Ficha técnica dos notebooks Surface Book e MacBook Air (Foto: Arte/TechTudo)


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.