A Google Play Store passará a aceitar pagamentos na forma de créditos pré-pagos, num sistema batizado de Recarga Google Play. A novidade, que aumenta as formas de compra da loja virtual, funcionará nos mesmos moldes dos planos de telefonia celular: em um estabelecimento comercial conveniado, o usuário poderá comprar créditos de R$ 15, R$ 30, R$ 50 e R$ 100. Um código será emitido para ser resgatado na loja de apps para Android.
Como ganhar créditos para usar na Google Play Store? Segundo o Google, até o fim de novembro, serão 300 mil estabelecimentos conveniados em todo o Brasil oferecendo a Recarga Google Play. Com o sistema, a loja passa a aceitar três formas de pagamento: cartão de crédito, vale-presente e compra pré-paga.
Adesivo indica que o estabelecimento permite a compra de créditos para uso no Google Play (Foto: Divulgação/Google)
O novo formato de compra é uma aposta dos criadores do Android para facilitar o acesso aos conteúdos da loja virtual, especialmente para quem não tem um cartão de crédito. Além disso, nas contas do Google, 70% dos usuários do sistema vivem em cidades com menos de 500 mil habitantes. Sendo assim, encontrar vales-presente não é uma tarefa fácil. O sistema de recarga é uma aposta interessante já que adota um modelo de consumo bastante difundido no Brasil. Números da Anatel mostram que 75,6% dos celulares ativos no Brasil funcionam com plano pré-pago.
Compra de créditos para o Google Play funciona da mesma forma que as recargas dos planos de telefonia (Foto: Divulgação/Google)
Está na hora de trocar um iPhone por um Android? Comente no Fórum do TechTudo
Desta forma, os consumidores não devem encontrar dificuldades para usar a novidade. Basta solicitar a recarga num es...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.