PES 2016 é a mais recente versão do gênero da produtora Konami. Apesar de contar com milhares de astros do futebol internacional, o game tem problemas ao replicar jogadores do Brasileirão, que aparecem em versões genéricas. Entre Fred, Diego Souza, Cavalieri, Biro Biro e Walter, os usuários vão encontrar reproduções bizarras de diversos jogadores, com direito a cortes de cabelo estranhos e nomes curiosos. Confira a lista. PES 2016: testamos o game com comemorações e provocações inusitadas D. Soares (Fred – Fluminense) Principal jogador do Fluminense, Fred sofreu com os problemas de licenças no game da Konami e é um dos grandes nomes do campeonato. Ele foi reproduzido de forma bizarra no jogo, com cabelos longos, lisos e louros.
Fred aparece loiro em PES 2016 (Foto: Reprodução/Murilo Molina)
S. Gois (Diego Cavalieri – Fluminense) Com experiência no futebol nacional e internacional, o ídolo da torcida tricolor também amargou uma versão genérica em PES 2016. Batizado como S. Gois, o goleiro está entre os melhores da liga local, mas não se parece com Cavalieri.
Goleiro do Flu não se parece nada com Cavalieri em PES 2016 (Foto: Reprodução/Murilo Molina)
E. Nunes (M. Grohe – Grêmio) O goleiro do Grêmio vem se destacando com belas atuações nas últimas temporadas e é uma boa opção para os usuários. O problema fica pelo nome, E. Nunes, e a aparência que pouco remete ao jogador, com cabelos mais curtos.
Grohe é cabeludo em PES 2016 (Foto: Reprodução/Murilo Molina)
M. Cerveira (Diego Souza – Sport) O experimente meia ofensivo acumula passagens por importantes equipes do futebol brasileiro, mas não ganhou o mesmo prestígio em PES 2016. No game, o jogador do Sport aparece como “Cerveira” e tem um visual que sequer lembra à sua aparência real.
Diego Souza é um dos melhores de PES 2016, mas tem visual genérico (Foto: Reprodução/Murilo Molina)
R. Betencourt (Wellington Paulista – Coritiba) O atacante já rodou o Brasil e o mundo, e atualmente defende o Fluminense. No PES 2016 Wellington ou R. Betencourt ainda joga no Coritiba, e desfila um moicano estiloso, que não é usado pelo artilheiro.
Além de estar no time errado, W. Paulista também tem visual curioso em PES 2016 (Foto: Reprodução/Murilo Molina)
E. Teixeira (Borges – Ponte Preta) Com passagens memoráveis pelo São Paulo e Cruzeiro, hoje Borges é um dos nomes da boa campanha da Ponte Preta no Brasileirão. No PES 2016 o atacante se chama E. Teixeira e exibe um cavanhaque que não faz parte do e...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.