A Nvidia anunciou o seu novo chip Tegra X1 e a plataforma automotiva Drive CX neste domingo (4), durante a CES 2015, em Las Vegas. Desenvolvido para smartphones e tablets, o Tegra X1 promete trazer alta performance sem diminuir o tempo de bateria. Já os Drive CX e o PX prometem transformar o seu carro em um poderoso computador com gráficos de alta qualidade e piloto automatizado.

Acompanhe a cobertura da CES 2015

Tegra X1 é equipado com uma unidade de processamento de oito núcleos e arquitetura de 64 bits (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)Tegra X1 é equipado com uma unidade de processamento de oito núcleos e arquitetura de 64 bits (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)

- Tegra X1

Apresentado como uma grande surpresa, o Tegra X1 promete trazer os smartphones para um novo nível de potência. Para começar, ele vem equipado com uma unidade de processamento de oito núcleos e arquitetura de 64 bits, a mesma utilizada pela Apple nos iPhones 5S e iPhone 6.

Tegra K1 promete trazer alta performance sem diminuir o tempo de bateria do smart (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)Tegra X1 promete trazer alta performance sem diminuir o tempo de bateria do smart (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)

No que diz respeito aos gráficos, o Tegra X1 traz um GPU com 256 núcleos de processamento. Com isso, ele é capaz de rodar jogos em altíssima resolução e com grandes detalhes, uma vez que utiliza ainda a mesma arquitetura dos chips Maxwell para computadores. Além disso, o processador da Nvidia é o primeiro capaz de fazer gravações em resolução 4K com 60 frames por segundo, gerando vídeos bem mais nítidos e de alta qualidade.

Segundo a fabricante, o Tegra X1 promete superar qualquer processador disponível no mercado atualmente. Na comparação com o Apple A8, que equipa o iPhone 6, o chip da Nvidia conseguiu alcançar cerca do dobro de resultados em testes de benchmark.

Tegra X1 traz um GPU com 256 núcleos e é capaz de rodar jogos em altíssima resolução (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)Tegra X1 traz um GPU com 256 núcleos e é capaz de rodar jogos em altíssima resolução (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)

O processador deve trazer ainda uma melhora significativa no consumo de bateria. Na comparação com o antecessor K1, o Tegra X1 é capaz de entregar o dobro de performance pela metade da energia. O processador supera ainda o Intel Core i7, prometendo ser uma boa opção para tablets com Windows, por exemplo.

- Drive CX

Partindo para o mercado automobilístico, a Nvidia apresentou o seu novo Drive CX. O equipamento, equipado com o Tegra X1, promete oferecer uma poderosa plataforma de computação para carros com alto suporte de processamento e capacidade de transmitir imagens em altíssima resolução para múltiplas telas.

Drive CX é equipado com o Tegra X1 e transmite imagens em alta resolução para múltiplas telas (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)
... ipado com o Tegra X1 e transmite imagens em alta resolução para múltiplas telas (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)">Drive CX é equipado com o Tegra X1 e transmite imagens em alta resolução para múltiplas telas (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)

De forma geral, o Drive CX promete ser uma reinvenção para a forma como o motorista interage com o veículo. Ele suporta duas telas com resolução 4K (2160p) e até quatro em resolução Full HD (1080p). Segundo a Nvidia, a plataforma é compatível com qualquer sistema, como Linux e Android, mas vem com um software próprio batizado de Drive Studio.

Durante o evento, a Nvidia demonstrou como o Drive CX pode permitir a utilização de mapas mais detalhados e tridimensionais para a navegação GPS, oferecendo mais informações ao motorista. Além disso, o sistema é capaz de gerar velocímetros e outros contadores com grandes detalhes gráficos e totalmente personalizados pelo usuário, utilizando texturas baseadas em diferentes materiais.

O Drive CX oferece suporte multitarefas para o painel do veículo, o que permitirá que o motorista rode dois apps simultaneamente. É possível, por exemplo, ouvir e controlar músicas no painel touchscreen ao mesmo tempo em que a navegação GPS é exibida. O equipamento traz ainda um Android Auto embarcado, o que permite o acesso aos apps do Google.

- Drive PX

Outro passo dado pela Nvidia em direção aos futuros carros inteligentes foi o Drive PX, um super computador que abre portas para pilotos automáticos. Equipado com dois chips Tegra X1, o equipamento é capaz de utilizar diversos sensores e câmeras do veículo para reconhecer o ambiente e também objetos que se locomovem perto do mesmo.

Drive PX é um super computador que abre portas para pilotos automáticos (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)Drive PX é um super computador que abre portas para pilotos automáticos (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)

O Drive PX é capaz de trabalhar com um total de 12 câmeras, capturando e reconhecendo mais de 1,3 bilhões de pixels por segundo. De forma geral, o equipamento trabalha com duas grandes tarefas: o reconhecimento de objetos e da visão periférica do veículo.

Quais são os melhores lançamentos da CES 2015? Comente no Fórum do TechTudo.

Para identificar objetos, o Drive PX utiliza uma técnica batizada de Deep Learning Computer Vision. Com o carro em movimento, o equipamento basicamente captura uma imagem, divide a mesma em minúsculas partes e processa separadamente a que tipo de elemento ela pertence: um pedestre, carro, placa de trânsito, entre outros. Apesar de complexo, o processo se dá em frações de segundos.

Segundo a Nvidia, o Drive PX será capaz de identificar um pedestre rapidamente, ainda que este esteja oculto parcialmente. Além disso, o aparelho poderá ler placas de faixa de pedestres para ter mais cautela, identificar faróis, a velocidade máxima da rodovia, encontrar radares e até mesmo identificar e classificar outros veículos. Assim, será possível tomar ações como encostar para ambulâncias e carros de polícia automaticamente, sem que o passageiro sequer toque na direção.

Já no que diz respeito à visão periférica, o equipamento da Nvidia será capaz de unir e interpretar os sinais de sensores e as imagens capturadas em todas as direções do carro. Por exemplo, ao percorrer um estacionamento, o Drive PX conseguirá analisar as gravações das laterais, da parte frontal e traseira do veículo para determinar por quais locais ele pode se movimentar e onde há vagas para estacionar.

 Nvidia Tegra X1, Drive CX e PX ainda não têm data de lançamento e nem preço divulgados (Foto: Isadora Díaz/TechTudo) Nvidia Tegra X1, Drive CX e PX ainda não têm data de lançamento e nem preço divulgados (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)

O evento da Nvidia contou ainda com a participação da Audi, famosa fabricante de carros. A montadora anunciou que já começou os primeiros testes de carros com piloto automático em viagens de longa distância, após o sucesso em pistas de alta velocidade. Entretanto, não há nenhum modelo previsto para lançamento próximo.

Os Nvidia Tegra X1, Drive CX e PX ainda não têm data de lançamento e nem preço divulgados. De qualquer forma, os produtos só devem chegar ao consumidor final de embarcados em outros gadgets, sendo vendidos apenas para fabricantes de dispositivos móveis e carros.



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.