Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

O mundo fitness ganhou três curiosos integrantes tecnológicos nesta semana. O primeiro deles é um app para celular e os dois outros smartbands, as famosas pulseiras inteligentes. As novidades pipocaram durante o CES Unveiled, evento que acontece no dia que antecede a CES 2015, feira de tecnologia sediada em Las Vegas, Estados Unidos.

Acompanhe a cobertura da CES 2015

InBody Band analisa a composição corporal e entrega resultados como percentual de gordura (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)InBody Band analisa a composição corporal e entrega resultados como percentual de gordura (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)

A ideia por trás do Kiqplan, aplicativo para Android e iOS, é bastante interessante. O programa é compatível com uma série de smartbands e relógios inteligentes já à venda no mercado e trabalha analisando os dados coletados por esses dispositivos. E qual é a vantagem? Bem, o Kiqplan promete ser, ao mesmo tempo, um personal trainer, nutricionista e guru fitness.

Kiqplan é um app que ajuda a emagrecer (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)Kiqplan é um app para Android e iOS que ajuda a emagrecer (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)

Há três programas à venda do Kiqplan: um para mulheres que querem emagrecer; um para homens que querem perder a "barriga de chopp"; um para grávidas, que precisam se manter ativas; e um quarto para as mães que querem perder quilinhos extras pós-gravidez. Cada um deles dura 12 semanas e está à venda por US$ 19, o que dá cerca de R$ 50 em conversão direta.

O usuário escolhe o programa que se encaixa nas suas necessidades, faz a compra do código, que é também vendido online, e ativa o aplicativo. Durante as 12 semanas seguintes, o app coleta dados da smartband usada e sugere exercícios, atividades e até mesmo alimentos e receitas de acordo com o objetivo. O app funciona de maneira fluida tanto em celulares Android quanto em aparelhos iOS, mas é consideravelmente caro para o mundo dos apps - além de, claro, já exigir que o usuário tenha uma pulseira inteligentes própria.

Kiqplan ajuda homens que querem perder a 'barriga de chopp' (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)Kiqplan ajuda homens que querem perder a 'barriga de chopp' (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)

Falando em pulseira inteligente, outro destaque é a InBody Band, uma smartband que tem o diferencial de analisar a composição corporal do usuário e entregar resultados como percentual de gordura. A análise acontece de maneira rápida, e o resultado aparece no pequeno display da pulseira em segundos.

InBody Band possui medidor de frequência cardíaca, contador de passos e análise de sono (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)InBody Band possui medidor de frequência cardíaca, contador de passos e análise de sono (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)

Quais são os melhores lançamentos da CES 2015? Comente no Fórum do TechTudo.

Não pudemos analisar o quão acurada a superpulseira é, mas a InBody é promissora. Afinal, por trás dela está uma empresa especializada em equipamentos profissionais de análise corporal. A smartband conta ainda com medidor de frequência cardíaca, contador de passos e análise de sono, funções já presentes em outros aparelhos por aí.

A InBody Band chega no segundo trimestre às lojas dos Estados Unidos, e há previsão de que ela chegue ao Brasil ainda neste ano. Em terras americanas, ela sairá por US$ 179, cerca de R$ 480 pela cotação atual. O dispositivo é compatível com iPhone e smartphones Android.

Uma segunda pulseira chamou a atenção durante o CES Unvield, mas dessa vez não por seus aparatos tecnológicos. Trata-se da Mira, uma smartband pensada especificamente para mulheres. O principal diferencial da pulseira é o design, que se assemelha a um discreto bracelete metálico.

 Mira é uma smartband pensada especificamente para mulheres (Foto: Isadora Díaz/TechTudo) Mira é uma smartband pensada especificamente para mulheres (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)

O aplicativo da Mira foi pensado para ser útil no dia a dia, e manter suas usuárias motivadas com dicas e sugestões de exercícios alternativos para os dias mais corridos. Apesar de ser polido e funcionar bem, o app tem a desvantagem de só estar presente em dispositivos com iOS; uma versão para Android deve chegar na segunda metade de 2015.

A pulseira chega no fim dos mês nas lojas norte-americanas e não tem previsão para desembarcar no Brasil. Ela custa US$ 179, cerca de R$ 455, e pulseiras extras podem ser adquiridas por US$ 80, o equivalente a R$ 215.

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.