Resident Evil e Silent Hill são duas séries de terror que foram lançadas nos anos 90. As franquias surpreendem pela forma que evoluíram em rumos tão diferentes. Apesar de possuírem capítulos pouco populares entre elas, Resident Evil e Silent Hill ainda são referências em seu gênero. Confira qual das séries é a melhor.

Resident Evil Zero HD Remaster traz mais realismo ao clássico do terror

Os primeiros jogos

O Resident Evil original foi lançado em 1996, enquanto Silent Hill só teve seu primeiro game em 1999. Ambos foram grandes sucessos no PlayStation One e, aos olhos de muitos fãs, se tonaram rivais por terem surgido na mesma geração. 

Resident Evil e Silent Hill sempre foram ícones do terror mas evoluíram de formas muito diferentes (Foto: Reprodução/PlayStation Wiki e Gaming Memoirs)

A estrutura dos jogos era um pouco diferente, Resident Evil utilizou cenários pré-renderizados e ângulos de câmera fixos em seus três primeiros games, o que sempre permitiu cenas controladas. Já Silent Hill trazia movimento totalmente 3D, permitindo que a atmosfera deixasse o jogador tenso e com sustos acontecendo mais naturalmente.

A história de Resident Evil sempre envolveu a maléfica corporação Umbrella. Apesar de muitas coisas acontecerem, o foco do jogo sempre esteve no combate à empresa. Silent Hill, por outro lado, começou a explorar vertentes estranhas e a cada jogo criava histórias mais bizarras.

Cidades de monstros

No primeiro Resident Evil os jogadores estavam presos em uma mansão onde mortos-vivos começavam a surgir. Esse conceito foi adiante em Resident Evil 2 e 3, mas o cenário é toda a cidade de Racoon City, completamente infestada por zumbis. A série é muito influenciada pelo trabalho do diretor George Romero, conhecido por “A Noite dos Mortos-Vivos”.

Silent Hill é macabra por si só, enquanto Raccoon City foi apenas o começo (Foto: Reprodução/Silent Hill Wiki e Wikipedia)

Já Silent Hill sempre se passa na mesma cidade desde o primeiro game, um local estranho com um passado macabro e dimensões paralelas que se fundem com a realidade. Há algumas influências de Stephen King e H.P. Lovecraft, mas conforme o jogo evolui nota-se muitos elementos do tradicional terror japonês.

Ocidente vs. Oriente

Apesar de ambos os games serem produzidos por equipes japonesas, Resident Evil focou em um estilo de terror ocidental: mais visual, cheio de combate e com mais sustos. Silent Hill, até por limites de orçamento, optou pelo estilo de terror japonês mais sutil e que prefere uma atmosfera tensa e perturbadora do que sustos específicos.

Os “jump scares”, sustos que surgem de repente e fazem o jogador pular, eram muito comuns no primeiro Resident Evil, como a clássica cena em que uma janela se quebra e alguma criatura salta para assustar o usuário. O game confia nesses momentos para manter o medo.

Resident Evil espe
... ra você relaxar para assustar enquanto Silent Hill nem sempre assusta, mas não deixa você relaxar (Foto: Reprodução/Game Revolution e Unity Community)

Grotesco vs. Incompreensível

Tão importantes quanto todos os pontos são os monstros que habitam esses mundos de terror e como eles refletem as diferenças das séries. Em Resident Evil seus principais inimigos são zumbis, cadáveres que andam lentamente sedentos por carne humana. No entanto, os mortos-vivos eram apenas o estágio inicial dos planos da Umbrella.

A intenção da empresa era criar monstros com capacidade sobre-humana que pudessem funcionar como uma evolução da raça humana ou como soldados sem capacidade de discernimento. Ainda “zumbis” porém em outro sentido. Quanto mais a série Resident Evil evoluía, mais grotescos e “trash” ficavam seus monstros, com tentáculos e olhos em toda parte.

Já Silent Hill demonstra em seus monstros a incrível influência de H.P. Lovecraft, mais conhecido pelo icônico monstro Cthulhu. São criaturas que desafiam a compreensão humana e poderiam causar insanidade apenas por serem observadas, causando desconforto extremo, como é o caso do monstro Pyramid Head.

Silent Hill aposta no incompreensível, mas Resident Evil mostra sempre as deformidades do vilão (Foto: Reprodução/Giant Bomb e The Ultimate Gamer)

Porém, também vemos em Silent Hill outro exemplo clássico de terror com a “subversão” de valores. Qualquer coisa que é inofensiva, pura, alegre e positiva pode se tornar algo ainda mais assustador quando invertida. Cães sanguinários, espíritos de crianças, bebês monstruosos e, obviamente, enfermeiras assassinas.

O futuro das séries

A partir de Resident Evil 4, a franquia se tornou totalmente voltada para a ação, com menos momentos de terror. Resident Evil 5 e 6 seguiram essa fórmula e muitos jogadores já sentem que eles não fazem jus à clássica série, além de serem jogos medianos em seus próprios méritos.

No entanto, games como Resident Evil Revelations 1 e 2 mostram uma alternativa viável ao trazer algo mais próximo dos jogos originais, sem abandonar a parte de ação. É possível que o novo Resident Evil 7 seja um modelo simples, mais próximo do terror do que da ação.

Silent Hills / P.T. prometia ser o futuro dos games de terror antes de ser cancelado (Foto: Reprodução/Silent Hill Wiki)

Por outro lado, no caso de Silent Hill, temos uma franquia que está agora no limbo. Após o cancelamento do mais recente game, “Silent Hills”, que gerou o eletrizante demo P.T. para PS4, não se sabe o que acontecerá com a série. A produtora Konami confirmou que pretende continuá-la, mas não há qualquer indício sobre isso.

Não existe nenhum conceito de como seria um futuro Silent Hill, se manteria o estilo em primeira pessoa de P.T. ou se acabaria sendo um game de qualidade questionável como os anteriores: Silent Hill: Downpour e Homecoming. Nesse caso, é mais provável ver um bom Resident Evil 7 do que um novo Silent Hill digno da franquia.

Conclusão

Resident Evil tem um nível de produção mais alto do que a série Silent Hill e isso custou ao jogo o fator “medo”, levando a franquia a apelar para o público dos games de ação. Resident Evil pode ter alguns sustos, mas o desconforto de Silent Hill faz o jogador ter medo após o videogame ser desligado. Mesmo com alguns capítulos de menor qualidade, Silent Hill ainda pode ser considerada a melhor série de terror.

Qual o melhor jogo de terror? Comente no Fórum do TechTudo.



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.