Todo ano é a mesma coisa: chega o Natal, hora de procurar presentes. Neste, não foi diferente. A tecnologia abre um leque gigantesco de opções, mas também tem complicado a vida dos pais, que estão gastando cada vez mais com presentes para os filhos.
Uma pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas mostra que – como era de se esperar – os filhos são os principais alvos dos presentes de Natal. E um dos objetos mais desejados é o smartphone, com 17% das intenções de compra.
É curioso que esse índice vem subindo. No ano passado, até livros eram mais desejados do que celulares, que tinham só 13% das intenções de compra. E é mesmo cada vez mais comum vermos por aí a criançada usando smartphone ou tablet para fazer de tudo ...

>>> Veja o artigo completo (Fonte)

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.