No mundo da tecnologia elas ainda são minoria. “Ainda”, porque as empresas mais inovadoras e poderosas do planeta estão mexendo os pauzinhos e têm ações interessantes para que as mulheres sejam cada vez mais representativas dentro do ambiente de trabalho. Mais do que justo – “e” inteligente.
Olha o que apontam os últimos relatórios de diversidade de algumas das principais empresas de tecnologia do mundo. No Google, as mulheres representam 31% dos funcionários. Elas representam apenas 20% do time de TI e ocupam 25% dos cargos de liderança. No Facebook, o cenário é parecido: elas são 35% do pessoal e só 19% trabalham diretamente com tecnologia e programação. Já o Twitter diz que o sexo feminino ocupa 30% dos cargos de liderança da empresa e, aqui no Brasil, na Microsoft 43% do time de liderança são mulheres.
Ainda é pouco, é verdade, mas é um começo. As grandes empresas de tecnologia – claro, várias outras menores e inclusive de outros segmentos também – já têm profissionais responsáveis por discutir, traçar metas e ações de diversidade e inclusão. Mas o movimento ainda é tímido se pensarmos globalmente. O preconceito enraizado na sociedade combinado com certo grau de insegurança por parte de algumas mulheres faz com que essa mudança seja relativamente lenta. Quem está a frente dessa missão tem desafios grandes...

Antes mesmo de fazer e tomar qualquer atitude, o papel desses líderes é deixar claro para toda a empresa a diferença entre Diversidade e Inclusão. Talvez a melhor analogia seja a feita pouco tempo atrás por uma jovem funcionária da Microsoft: “Diversidade é convidar para o baile. Inclusão é chamar para dançar”.
A questão não só social. As ações para tornar o ambiente de trabalho mais limpo de preconceitos e, consequente, mais “diverso” e proporcionar maior inclusão de gênero, raça e orientação sexual estão também diretamente ligadas a resultados. Isso mesmo, faz bem para os negócios; principalmente para essas empresas de tecnologia, cada vez mais preocupadas em inovar.
O “Women in Action” ...


>>> Veja o artigo completo (Fonte)

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.