Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Quem nunca fez uma consulta médica com o Google? Ainda que não seja a melhor opção, o buscador acaba "salvando" muita gente. Os resultados das pesquisas, porém, nem sempre apresentam sites totalmente confiáveis. Para atender a demanda de buscas por remédios, doenças e sintomas, e com a proposta de melhorar a qualidade do resultado entregue aos usuários, o Google Brasil firmou uma parceria com o Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo.

Tudo sobre o Google

A nova ferramenta, desenvolvida no escritório do Google em Belo Horizonte, foi lançada nos Estados Unidos e no Brasil. Agora, quando um usuário pesquisar por alguma doença, aparecerá, na páginas de resultados do buscador, um quadro com diversas informações confiáveis sobre sintomas, transmissão, tratamento, exames e prevenção.

Doenças mais buscadas no Google

Segundo o Google, as buscas sobre doenças mais populares no Brasil vão de casos severos como câncer a alergias comuns em crianças e adultos. Ao TechTudo, o buscador revelou o top cinco.

1) Câncer
2) Diabetes
3) Obesidade
4) Hipertensão
5) Alergias (várias)

Os quadros trazem informações sobre diversas doenças. (Foto:Reprodução/Google)Os quadros trazem informações sobre diversas doenças. (Foto:Reprodução/Google)

Hospital Albert Einstein

Para confirmar os dados que vão aparecer nos resultados das pesquisas, diversos especialistas do hospital brasileiro serão consultados antes das informações serem divulgadas para os usuários. Desta forma, o Google se certifica de que o paciente vai conseguir encontrar a resposta mais adequada para sua busca e buscar a especialidade médica mais adequada.

De acordo com o cardiologista Marcos Knobel, as buscas no Google são importantes para melhorar a relação entre médico e paciente, mas vale lembrar que nada substitui a consulta presencial.

“Muitos pacientes já vêm para a consulta sabendo exatamente qual é a evolução da doença, quais são os próximos passos e também o que fazer de tratamento nesses casos”, afirma Marcos Knobel.

O cardiologista Marcos Knobel participa do projeto (Foto:Reprodução/Youtube)Cardiologista Marcos Knobel participa do projeto de buscas no Google (Foto:Reprodução/Youtube)

Download grátis do app do TechTudo: dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Médicos comentam iniciativa do Google em listar melhores resultados para doenças


Zika vírus na mira do Google

Ainda de acordo com o Google, com a preocupação relacionada ao Zika, houve um aumento de mais de 3.000% nas buscas sobre o vírus. Dessa forma, o projeto também inclui a apresentação de quadros, em 16 idiomas, com diversas informações sobre a doença, atualizadas a cada nova descoberta.

O Google também doou US$ 1 milhão para a UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância) a fim de ajudar na conscientização e na prevenção da transmissão do Zika. A empresa fará um mapeamento de dados para analisar as áreas mais afetadas pelo vírus e possíveis surtos da doença.

Como usar o Google Maps em 3D? Comente no Fórum do TechTudo.

Via Blog do Google

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.