Ikaruga, Guitar Hero e Marvel vs. Capcom 2 são apenas alguns dos jogos mais famosos entre os fliperamas dos anos 2000. Época marcada como o fim da era de ouro dos gabinetes conforme o interesse do público diminuiu e menos games foram produzidos, devido ao crescimento dos consoles que conhecemos hoje. O TechTudo preparou uma lista com os melhores fliperamas dos anos 2000. Confira:

Confira como jogar online e de graça os clássicos do fliperama

Marvel vs. Capcom 2: New Age of Heroes (2000)

Após o inesperado crossover de Marvel vs. Capcom, poucos jogadores imaginaram uma sequência ainda mais completa com Marvel vs. Capcom 2: New Age of Heroes. O game trouxe todos os personagens de títulos anteriores, como X-Men: Children of the Atom, Marvel Super Heroes, X-Men vs. Street Fighter e Marvel Super Heroes vs. Street Fighter, além de outros originais. Em algumas máquinas, era possível usar um cartão de memória VMU do Dreamcast para para destravar personagens do fliperama no console.

Marvel vs. Capcom 2: New Age of Heroes era um dos fliperamas mais incríveis de luta dos anos 2000 (Foto: Reprodução/Arcade Museum)Marvel vs. Capcom 2: New Age of Heroes era um dos fliperamas mais incríveis de luta dos anos 2000 (Foto: Reprodução/Arcade Museum)

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

18 Wheeler: American Pro Trucker (2000)

Embalado pela onda de Crazy Taxi lançado em 1999, 18 Wheeler: American Pro Trucker traz uma versão de como seria a jornada de um caminhoneiro para entregar as cargas. O jogo é bem difícil e exige que você desvie do trânsito em alta velocidade, lide com um rival disposto a tirar você da pista e ainda enfrente forças da natureza como tornados.

Com gabinete de caminhão 18 Wheeler American Pro Trucker embarcava na onda insana de Crazy Taxi (Foto: Reprodução/PiForce-Web+)Com gabinete de caminhão 18 Wheeler American Pro Trucker embarcava na onda insana de Crazy Taxi (Foto: Reprodução/PiForce-Web+)

Power Stone 2 (2000)

A popularidade de jogos de luta que mais pareciam “party games”, como Power Stone e Super Smash Bros., fez com que Power Stone 2 fosse ainda melhor. Trata-se de um game de luta em arena 3D onde, além de enfrentar os oponentes, você precisa ficar atento às armadilhas do cenário, armas que podem ser usadas contra os adversários, itens e até gemas que transformam seu personagem. A versão para fliperamas só foi lançada no Japão.

Power Stone 2 era um jogo perfeito para fliperamas, mas nunca saiu do Japão (Foto: Reprodução/IGN)Power Stone 2 era um jogo perfeito para fliperamas, mas nunca saiu do Japão (Foto: Reprodução/IGN)

Silent Scope 2: Dark Silhouette (2000)

Muitos jogos de fliperama trazem armas para que os jogadores simulem os jogos de tiro, porém poucos traziam conceitos como o da série Silent Scope. O jogador utilizava um rifle sniper de plástico para mirar, atirar e abater o alvo, além de obstáculos ou itens bônus que pudessem ser úteis.

O mais diver
... tido em Silent Scope 2: Dark Silhouette é manusear o rifle sniper (Foto: Reprodução/YouTube)" height="390" src="//s2.glbimg.com/Y12ByhKkqhspp5tDj2EjF-SciDk=/695x0/s.glbimg.com/po/tt2/f/original/2016/04/07/fliperama-silent-scope-2-dark-silhouette.jpg" width="695">O mais divertido em Silent Scope 2: Dark Silhouette é manusear o rifle sniper (Foto: Reprodução/YouTube)

Ikaruga (2001)

Considerado por muitos como o ápice do gênero de jogos de nave e a obra-prima da produtora Treasure, Ikaruga traz a fórmula em que uma nave enfrenta um exército, mas com um diferencial. Um simples toque de botão pode mudar a “polaridade” da nave e fazer com que ela absorva tiros da mesma cor, enquanto os da cor oposta se tornam mortais. A ideia transformou Ikaruga em um palco perfeito para jogadores exibirem habilidade e elegância nos fliperamas.

Assim como outros jogos de nave, Ikaruga se beneficiava de telas predominantemente verticais nos fliperamas (Foto: Reprodução/Racket Boy)Assim como outros jogos de nave, Ikaruga se beneficiava de telas predominantemente verticais nos fliperamas (Foto: Reprodução/Racket Boy)

Outrun 2 (2003)

Em 1986, o primeiro Outrun tomou o mundo dos fliperamas com um gabinete em formato de carro, mas levou quase duas décadas para vermos uma sequência na franquia. Outrun 2 trouxe a emoção de dirigir uma Ferrari em alta velocidade mais uma vez para saber quão longe você chegaria em uma corrida com cenários diferentes. Algumas versões especiais da cabine traziam carros diferentes para até quatro pessoas jogarem ao mesmo tempo.

A versão de Outrun 2 com quatro carros era uma raridade em fliperamas (Foto: Reprodução/Body Building Forum)A versão de Outrun 2 com quatro carros era uma raridade em fliperamas (Foto: Reprodução/Body Building Forum)

Ghost Squad (2004)

A Sega dominava os jogos de tiro nos fliperamas com a série Virtua Cop, mas seu reinado foi ameaçado pela ascensão de Time Crisis da Bandai Namco, o que fez com que Virtua Cop 3 copiasse alguns elementos do rival. Enquanto isso, Ghost Squad surgiu como uma alternativa, mais fiel ao estilo de Virtua Cop e com uma nova temática de operações secretas. O game teve também uma boa adaptação para o Nintendo Wii em 2007.

Ghost Squad trouxe o estilo de Virtua Cop dos fliperamas com uma pitada de algo novo (Foto: Reprodução/Liberty Games)Ghost Squad trouxe o estilo de Virtua Cop dos fliperamas com uma pitada de algo novo (Foto: Reprodução/Liberty Games)

Mario Kart Arcade GP (2005)

Poucos fãs da série Mario Kart sabem que o game teve também capítulos para fliperama, voltados para o público japonês, mas, depois, lançados para o resto do mundo. Mario Kart Arcade GP não foi desenvolvido pela Nintendo, mas pela Bandai Namco e conta com participações especiais como Pac-Man. O gabinete contava, ainda, com uma câmera que tirava sua foto para indicar seu personagem na corrida. Duas sequências do game foram lançadas, uma em 2007 e outra em 2013.

Mario Kart Arcade GP trouxe a tradicional diversão da série para fliperamas (Foto: Reprodução/Arcade Museum)Mario Kart Arcade GP trouxe a tradicional diversão da série para fliperamas (Foto: Reprodução/Arcade Museum)

Guitar Hero Arcade (2009)

O extremo sucesso de Guitar Hero nos consoles abriu um leque de possibilidades, e muitos donos de fliperama perceberam esse potencial ao criar gabinetes não-oficiais com um console e guitarra. Apenas em 2009 foi lançada uma versão oficial de Guitar Hero Arcade, baseada no Guitar Hero 3. Porém, diferente do original que era publicado pela Activision, a versão dos fliperamas ficou a cargo da Konami.

Nos fliperamas as guitarras de Guitar Hero Arcade eram mais resistentes para aguentar o desgaste (Foto: Reprodução/Amusement 4 Kids)Nos fliperamas as guitarras de Guitar Hero Arcade eram mais resistentes para aguentar o desgaste (Foto: Reprodução/Amusement 4 Kids)

Super Street Fighter 4 Arcade Edition (2010)

Quase 20 anos após o lançamento de Street Fighter 2, a série de luta mais ilustre do mundo dos fliperamas retornou em sua versão mais recente. Super Street Fighter 4 Arcade Edition trazia todas as novidades de Street Fighter 4, com lutadores extras de Super Street Fighter 4 e um balanceamento mais preciso da jogabilidade voltada à competição profissional e fliperamas.

Super Street Fighter 4 Arcade Edition marca presença obrigatória da franquia nos fliperamas (Foto: Reprodução/Kotaku)Super Street Fighter 4 Arcade Edition marca presença obrigatória da franquia nos fliperamas (Foto: Reprodução/Kotaku)

Qual o melhor jogo antigo de fliperamas? Comente no Fórum do TechTudo!



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.