Por Thomas Schulze, para o TechTudo

02/05/2019 12h55 Atualizado 2019-05-02T15:55:51.497Z


Asteroides, meteoros e os demais perigos do espaço servem de inspiração para jogos desde os tempos do Atari 2600 e fliperamas até os modernos consoles, PC, Android e iOS. Clássicos como Asteroids e The Dig aproveitaram bem os “aerolitos” nos mais diversos gêneros: há jogos sobre asteróides de ação, arcade, adventure, RPG e muito mais! Confira a seguir a lista com 10 dos jogos mais legais e marcantes sobre o tema:

Asteroids

A aventura original sobre asteróides e marco definidor do gênero é presença obrigatória na lista. Lançado originalmente em 1979, o arcade da Atari Inc. ganhou ampla notoriedade na década de 1980, quando foi portado para os consoles caseiros da empresa, como o Atari 2600. Apesar de ser inspirado em Space Invaders, o jogo apresentou uma nova perspectiva de câmera e sistemas de movimentação, com toda a tela servindo como área de ação onde o jogador deveria somar pontos destruindo o máximo de asteróides.

The Dig

Um dos maiores clássicos da ficção científica nos videogames, The Dig foi lançado em 1995 para computadores pelas mãos da LucasArts, veterana desenvolvedora de adventures point and click repletos de enigmas. Com tom mais sério que o habitual, a narrativa se concentrava em um grupo de astronautas que precisava impedir um meteoro que estava em rota de colisão com a terra, ao melhor estilo do filme Armageddon.

Microgravity.io

Para o jogador que busca um game espacial grátis para curtir no navegador quando quiser, Microgravity.io é uma ótima pedida de multiplayer online. Ao invés de ser centrado apenas em destruir asteróides, desta vez o gameplay é focado em colonizar diferentes planetas, construir suas próprias estações mineradoras e fábricas, e então usar os recursos colhidos para conquistar novos mundos através da galáxia.

Star Fox

O clássico jogo de nave da Nintendo foi lançado em 1993 para o SNES e desde então apareceu em sequências para diversos consoles da empresa, como o Nintendo 64 e Wii U. As fases sempre apresentam diversos cenários e planetas variados, mas também é tradição da franquia ter fases com tiroteio em meio a campos de asteróides povoados por inimigos e pedras que podem destruir as naves Arwing de Fox e seus amigos ao menor contato.

Space Rocks

Em 2017 a Alister Software trouxe ao Steam o jogo Space Rocks, mais uma homenagem muito interessante aos velhos fliperamas de asteróides. Apesar de permitir movimentos apenas para a esquerda e direita, o gameplay é complexo, recompensador e focado em música. A trilha sonora de rock embala o ritmo da partida de acordo com o seu desempenho, e é possível calibrar a quantidade de asteróides na tela, ou até mesmo jogar em modo de invencibilidade para curtir apenas a trilha sonora com calma.

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Shooty Space Adventure

A Firecannon trouxe aos dispositivos Android e iOS um jogo de download grátis que remete aos clássicos fliperamas de nave. Como os níveis são gerados proceduralmente, nenhuma partida é igual a anterior, e os placares de liderança online garantem boa competição entre amigos e jogadores ao redor de todo o mundo. Ainda é possível customizar a nave e aprimorá-la com novos ataques, perfeitos para destruir os inimigos e ameaças do espaço enquanto se busca a melhor pontuação.

No Man’s Sky

Apesar de se

... u lançamento controverso em 2016, o jogo de exploração espacial da Hello Games foi drasticamente aprimorado com o passar do tempo e ganhou novos recursos que tornaram seu cosmos ainda mais amplo e interessante no PS4, PC e Xbox One. Além de explorar planetas para catalogar e descobrir novas espécies de plantas e animais, em No Man's Sky o jogador também pode pegar sua própria nave e participar e batalhas pelo espaço, ou relaxar e destruir asteróides em troca de valiosos minérios que podem ser utilizados para novas construções em terra ou no ar.

Descent

Clássico dos computadores, em 1995 a Interplay lançou Descent, que foi portado para PlayStation no ano seguinte. Jogando em primeira pessoa e assumindo o comando de um veículo de exploração espacial, é preciso desbravar planetas e corpos celestes hostis enquanto máquinas e outros inimigos tentam bloquear o caminho. É mais um jogo que tentou aproveitar o sucesso de Doom, mas seu pé na ficção científica ajudou a dar um bom diferencial para este FPS.

Solar 2

Em 2011, o estúdio Jay Watts disponibilizou nos computadores e Xbox 360 este sandbox indie que é um prato cheio para os fãs de ciência. Na sequência de Solar, seu objetivo é controlar um corpo misterioso e acumular massa o suficiente a ponto de se transformar em diversos objetos celestes, desde pequenos asteróides até um novo e supermassivo Big Crunch que, por sua vez, gera um novo universo através de um Big Bang. O jogo, ideal para fãs de simuladores e astrofísica, também chegou ao Android e iOS em 2013.

Echoes+

Em estilo mais retrô, Echoes+, o jogo de tiro espacial que a Binary Zoo lançou em 2015 no Steam, desafia os reflexos dos jogadores com desafios em alto nível ao melhor estilo dos fliperamas dos anos 1980. Os inimigos são bem coloridos, o que gera um bom espetáculo visual, especialmente quando os asteróides em cores neon se partem em diversos pequenos pedaços, em uma bela homenagem ao clássico Asteroids.

Qual é o melhor RPG de ficção científica? Vote no fórum do Techtudo!



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.