A Intel criou o Curie como uma plataforma para ser usada em dispositivos vestíveis. Agora, as primeiras aplicações da tecnologia começam a surgir. Um exemplo é a coleção de roupas primavera/verão desenvolvida pelo Chromat, um estúdio de moda experimental. Conheça 10 aparelhos ‘fundamentais’ para quem curte esportes radicais Uma das roupas é um sutiã esportivo, chamado de Chromat Aeros Sports, que aplica a tecnologia do chip Curie da Intel para funcionar. O computador embarcado consegue detectar o aumento de temperatura corpórea e a presença de suor, por exemplo. Com essas informações, o Curie aciona diversas aberturas que servem para aumentar o fluxo de ar e, consequentemente, refrigerar o corpo.
Sutiã esportivo usa processador da Intel para detectar calor do corpo e abrir ventilações (Foto: Divulgação/Chromat)
Outro modelo é um vestido que aplica o Intel Curie em um conceito mais experimental do que funcional. O Chromat Adrenaline Dress usa o processador para detectar o aumento de adrenalina da usuária da peça para acionar mecanismos que fazem partes do vestido, compostas de materiais impressos em 3D e fibra de carbono, a se expandir. O resultado desejado é um vestido que bote medo. Roupas inteligentes
Curie usa o minúsculo processador Quark e outros sensores e controladores (Foto: Divulgação/Intel)
O Intel Curie é uma plataforma do tamanho de uma unha. Possui um processador, Bluetooth, sensor espacial de seis eixos que funciona em conj...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.