A AMD lançou a sexta geração da linha Pro de APUs, baseadas na arquitetura Carrizo e voltadas para dispositivos móveis. Os seis novos processadores acelerados contam com recursos de segurança bastante interessantes, e que devem ser muito úteis nas aplicações corporativas previstas para esse tipo de processador. Entenda como funcionam as memórias de alta largura de banda da AMD Entre elas, a AMD criou o Secure Processor, que usa o recurso TrustZone. Em linhas gerais, pense nesse componente como um processador extra, dedicado a isolar o funcionamento de programas de segurança, como antivírus, ou carteiras para pagamentos digitais, como o Google Wallet.
Novas APUs Carrizo da AMD serão lançadas com as novas versões dos HP EliteBook (Foto: Divulgação/AMD)
Com as operações desse tipo de serviço e aplicativos isoladas fisicamente dos núcleos de processamento comuns da APU, a AMD espera que seus produtos ofereça muito mais segurança para os usuários. De olho nas aplicações de notebooks híbridos, a AMD desenvolveu as APUs em parceria com a Qualcomm para empregar os modens 4G nas novas Carrizo. Esses modens são usados nos processadores Snapdragon, bastante difundidos em celulares. Em relação às especificações, as novas APUs não diferem muito dos chips Carrizo lançados pela Advanced Micro Devices no começo do ano. O principal m...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.