Um pouco esquecido pelo Google, o Picasa resiste e continua sendo uma boa alternativa gratuita para organizar fotos e vídeos no computador e fazer pequenas edições nas imagens antes de compartilhar ou guardar no HD. Já o PhotoFiltre faz sucesso entre os fãs do código livre e permanece vivo graças a uma comunidade fiel e um conjunto diversificado de ferramentas de edição na falta do Adobe Photoshop.  
Sem Photoshop? Veja 5 editores grátis tão bons quanto o programa da Adobe
Mas, afinal, qual é o melhor editor de imagens? Confira o comparativo entre os dois programas e descubra o melhor app grátis para ter no Windows.
Picasa x Photofiltre: qual o melhor editor de imagens (Foto: Arte/TechTudo)
Design: Picasa O PhotoFiltre traz no DNA várias qualidades de um programa genuinamente open source, mas também com falhas. O design, certamente, não é a característica mais invejável. O visual não aparenta ter recebido atualizações importantes há anos e perde na atratividade até para o Paint – na verdade, ele parece o Paint do Windows 95.
Picasa traz visual mais moderno do que o PhotoFiltre (Foto: Reprodução/Paulo Alves)
O Picasa, por outro lado, embora não tenha um design inovador, exibe traços de atualidade com botões de edição rápida facilmente identificáveis pelo usuário, além de menus laterais que se parecem com o Explorer do Windows, organizado em pastas. No geral, apesar de ter um visual poluído, o programa do Google é mais amigável de usar do que o PhotoFiltre. Uso de memória: Picasa
PhotoFiltre usa mais memória RAM (Foto: Reprodução/Paulo Alves)
Nem o Picasa nem o PhotoFiltre ocupam muito espaço em disco, embora o segundo não informe exatamente quantos bytes tem de tamanho – o Picasa tem 61 MB. Porém, há diferença quando o assunto é consumo de RAM. Em estado de repouso, o PhotoFiltre consome até menos memória do que o Picasa, mas, quando suas ferramentas de edição começam a ser usadas, o gerenciador de tarefas do Windows acusa uma diferença, mesmo que pequena, a favor do editor do Google. Em testes, o programa de código aberto consumiu, em média, o dobro de RAM do que o Picasa, mostrando que, por mais que o software faça varreduras no HD em busca de novas imagens para organizar na biblioteca, ele consome menos recursos do hardware do que o PhotoFiltre. Ferramentas de edição: PhotoFiltre
PhotoFiltre traz mais recursos de edição, com suporte a camadas (Foto: Reprodução/Paulo Alves)
O PhotoFiltre justifica seu consumo maior de RAM na hora de edita...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.