Chamadas de vídeo estão cada vez mais populares em decorrência da pandemia da Covid-19. Usuários de apps de videoconferência para Android e iPhone (iOS) participam de reuniões no home office ou socializam com amigos e parentes pelo celular. Contudo, é importante se utilizar de algumas ações para evitar invasões de privacidade, sobretudo em reuniões de trabalho nos aplicativos como Zoom Meetings, Skype, Google Hangouts e Microsoft Teams.

Por nisso, o TechTudo preparou uma lista com algumas dicas de segurança que podem ser úteis para quem utiliza o recurso de videochamada, como não divulgar o link de acesso aos grupos em redes sociais ou, ainda, prestar atenção nas permissões dos apps de videoconferência, para que estes não tenham acesso a informações pessoais.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

1. Evite exibir detalhes pessoais

Em reuniões de trabalho, evite exibir fotos e conversar sobre assuntos de família, e não compartilhe dados pessoais, tais como endereços. Preste atenção, também, a informações que podem estar visíveis em seu plano de fundo, como recados e lembretes sigilosos que podem aparecer para outros integrantes.

Apps como Skype e Zoom podem ser úteis para encobrir esse tipo de informação à vista, oferecendo opções de cenários para serem inseridos como plano de fundo, ou que dão um efeito de blur, borrando o ambiente por trás.

2. Não deixe chamadas de vídeo abertas

Não deixe as videochamadas desprotegidas — o ideal é permitir o ingresso de membros apenas por senha, quando a função estiver disponível. Deixar as chamadas abertas pode implicar em uma série de riscos, permitindo que estranhos e até mesmo cibercriminosos tenham acesso à reunião. Além disso, evite acessar chamadas por vídeo por meio de redes de Wi-Fi desprotegidas, já que esta ação também pode comprometer a segurança e privacidade das informações compartilhadas.

3. Fique atento às permissões concedidas aos aplicativos

É importante prestar atenção às permissões concedidas pelos apps baixados nas lojas virtuais Google Play Store e App Store. Suspeite de permissões invasivas, e confira os dados aos quais o app requer acesso para funcionar, que devem ser relacionados apenas ao funcionamento da câmera e do microfone do smartphone.

Apps falsos ou corrompidos podem servir de phishing para malwares perigosos, o que pode comprometer sua segurança e resultar em divulgação de informações pessoais compartilhadas em videochamadas.

4. Desative notificações pop-up ao compartilhar tela

Ao compartilhar a tela do computador ou do celular durante chamadas de vídeo, é importante desativar notificações em pop-up de e-mails, redes sociais e apps de mensagens como Telegram e WhatsApp, por exemplo. As mensagens podem tratar de assuntos pessoais e privados — portanto, é necessário desativá-las para evitar um desconforto por possível invasão de privacidade.

5. Envie o convite da chamada por e-mail

Não compartilhe links de convites de chamadas de vídeo pelas redes sociais — prefira encaminhá-los de forma privada utilizando o endereço de e-mail dos membros da reunião. Compartilhar a URL do convite em ambientes virtuais públicos como Facebook ou Twitter pode atrair desconhecidos e cibercriminosos para a chamada de vídeo, comprometendo informações dos participantes.

Outra opção também consist

... e em bloquear a chamada de vídeo assim que todos os participantes estiverem presentes, impossibilitando que pessoas desconhecidas acessem a reunião.

6. Personalize as autorizações dos participantes

Também é possível personalizar quais ações poderão ser concedidas aos membros de uma reunião nas videoconferências. O usuário que abriu a reunião pode conceder autorizações como o compartilhamento da tela e a gravação da chamada para outros participantes quando necessário, mas o recomendado é deixá-las desativadas por padrão.

Além disso, o compartilhamento de mídia e a transferência de arquivos também podem ser desativados, evitando, assim, que arquivos corrompidos com vírus ou malwares sejam compartilhados em reuniões.

O que é o Skype? Usuários tiram dúvidas no Fórum do TechTudo.



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.