A Microsoft está focada em melhorar o Windows 10, mas as versões anteriores do sistema operacional não foram esquecidas. A fabricante anunciou que Windows 7 e Windows 8.1 vão adotar uma nova forma de atualização cumulativa, que abandona pacotes individuais fragmentados para concentrar correções dos sistemas em um único update mensal. A novidade evita problemas de sincronização entre computadores equipados com a mesma versão do Windows, diminui o tempo de varreduras de antivírus e permite atualizar um PC mais rapidamente.
Como verificar e corrigir arquivos corrompidos do Windows
A mudança começa a partir do próximo mês outubro e não vale para o velho Windows XP ou versões ainda mais velhas e anteriores do software. Segundo a dona do Windows, a adoção de atualizações concentradas garante mais qualidade para os pacotes se comparadas com os updates antigos. 
Saiba o que muda com o novo mecanismo de atualização dos Windows 7 e 8.1 (Foto: Divulgação/Microsoft)
A atualização mensal do Windows sempre trará as correções atuais e passadas. Na hora de formatar um computador, bastará instalar o update do último mês para deixar o sistema atualizado. A Microsoft promete incluir todos os pacotes de correção na atualização mensal até o fim de 2017.
Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone O que a nova atualização inclui? As atualizações cumulativas incluem todas as futuras correções de sistema operacional a partir de outubro, além de patches de seguran...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.