O Centro de Transparência de Brasília, inaugurado pela Microsoft na última quarta-feira (19), é um importante passo para a segurança digital no Brasil e na America Latina. A instalação conta com equipamentos de ponta e propostas ousadas: integrar os sistemas da empresa às necessidades dos governos e ser a ponta de lança no combate ao cibercrime.
Confira dicas de segurança na InternetA iniciativa foi criada em 2014, e o primeiro Centro foi inaugurado em Redmont, nos Estados Unidos. Em seguida, vieram Bélgica, Cingapura e, agora, Brasil. Mas, afinal, para que serve uma Central de Transparência da Microsoft? O TechTudo foi a Brasília para conferir todos os detalhes da missão.
Sala principal do Centro de Transparência Microsoft em Brasília (Foto: Fabrício Vitorino / TechTudo)
Antes de tudo, esqueça a idéia de um bunker subterrâneo ou de salas secretas. A instalação fica em um movimentado shopping do Distrito Federal. A diferença está nos protocolos de segurança. É praticamente impossível entrar sem credencial, as visitas precisam ser agendadas com (muita) antecedência e estão sujeitas, claro, à aprovação.O ambiente é bem iluminado e você nem imagina estar num local com paredes reforçadas com metal, vidros resistentes, bloqueador de sinais de celulares, monitoramento em 100% das áreas comuns e outras dezenas de medidas de segurança. É como se fosse uma extensão do coração da Microsoft, mas em um lugar onde é possível ter acesso a informações de altíssimo sigilo, porém com uma bela vista para o Planalto Cent...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.