A partir de agora, o YouTube passa a oferecer suporte ao formato HDR em vídeos  na plataforma. A tecnologia – que permite vídeo com cores mais naturais e contrastes mais intensos – passa a ficar disponível para quem publica vídeos na rede e para os usuários que possuem equipamento compatível para exibir com a tecnologia. Dessa forma, o site de vídeos do Google fica próximo de rivais como Netflix e Amazon – que oferecem suporte ao HDR há algum tempo.
Google tenta melhorar comentários no YouTube com novas ferramentas
No momento, há poucos canais com conteúdo em HDR: MysteryGuitarMan, Jacob + Katie Schwarz e Abandon Visuals possuem vídeos no formato, segundo informou o Google. Além disso, para ver a diferença, é preciso ter acesso a TVs, monitores e equipamento compatíveis para exibir os vídeos.
Suporte ao HDR passa a ser implementado no YouTube (Foto: Luciana Maline/TechTudo)
HDR (sigla para High Dynamic Range, ou “Alto Alcance Dinâmico”) é uma tecnologia de vídeo que permite a gravação e exibição mais precisa de cores, contrastes e sombras. O HDR faz parte do conjunto de avanços promovidos pela indústria para incentivar a adoção de TVs e monitores 4K. No geral, vídeos com HDR, quando exibidos em monitores e TVs compatíveis, tendem a exibir visuais mais naturais, com cores mais precisas e índices de contraste mais intensos, fatores que somados resultam numa qualidade geral de imagem superior ao que é possível em telas SDR (Standard Dynamic Range, ou “Alcance Dinâmico Padrão”)
Como evitar que um vídeo trave? Comente no Fórum do TechTudo. Embora a tecnologia passe a estar disponível a partir de agora, a percepção do efeito do HDR nos vídeos da plataforma ainda pode ser bem restrita. Em primeiro lugar, o vídeo precisa ter sido produzido com suporte ao HDR, o que significa que material antigo não terá acesso à melhoria, e, do outro lado, a tela pela qual o usuário assiste o conteúdo com HDR precisa ser capaz de exibi-lo.
Como ver vídeos com HDR no YouTube Para assistir em HDR, basta dar play no vídeo compatível com a tecnologia numa tela que seja capaz de reconhecer o material gravado no novo padrão. Segundo o Google, toda TV compatível com HDR usando o Chromecast Ultra já pode tirar proveito da novidade. Em breve, atualizações de apps para TVs 4K promoverão o suporte ao HDR nesses aparelhos.
Imagem simula a diferença entre vídeo sem HDR, à esquerda, e vídeo com HDR, à direita (Foto: Divulgação/YouTube)
Aplicativo do TechTudo: receba as ...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.