A arquiteta e inventora do Orelhão Chu Ming Silveira é tema, nesta terça-feira, 4 de abril, dia em que completaria 76 anos, de uma homenagem do Google em forma de Doodle. Apesar dos primeiros nomes orientais, Chu mudou-se para o Brasil quando ainda era criança e foi responsável, em 1971, pelo projeto de cabines ovais para telefones públicos, ideia que colaborou para a durabilidade dos aparelhos, além de melhorar a acústica durante as ligações. Formada pela Universidade Mackenzie, dedicou a carreira também à programação visual e morreu em São Paulo, em 1997, aos 56 anos.
Chu Ming Silveira criou o projeto do Orelhão em 1971 e marcou o mobiliário urbano do Brasil (Foto: Reprodução/Google) 
 
 
 
 
 
Chu nasceu em Shangai, na China, em 1941. Seu pai Chu Chen serviu às forças armadas nacionalistas durante a guerra e, após a vitória dos comunistas, foi obrigado a se mudar com a família. Com 10 anos de idade, Chu chegou ao Brasil acompanhada dos pais e dos três irmãos. Na cidade de São Paulo ela estudou Arquitetura, casou-se e teve dois filhos.
Aplicativo do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no seu celular A necessidade de uma ideia como a do Orelhão chegou até Chu quando ela chefiava o Departamento de Projetos da Companhia Telefônica Brasileira, em 1971. Até então os telefones públicos eram instalados sem nenhuma proteção dentro de bares, farmácias e postos de serviços, o que gerava desconforto dos usuários ao fazer ligações particulares.
Chu se inspirou na forma de um ovo por conta da acústica e design (Foto: Reprodução/orelhao.arq.br)
Com o desafio de criar
um protetor que oferecesse design agradável, baixo custo e durabilidade, Chu se
inspirou em um ovo para criar o Orelhão, pois, segundo relatos da época, a
forma oferece acústica adequada com um desenho agradável. Primeiramente instalados
em São Paulo e no Rio de Janeiro, o projeto conquistou o público e passou a
fazer parte do mobiliário urbano brasileiro com o Orelhinha, de acrílico feito
para locais fechados, e o Orelhão para áreas externas resistente à diferentes
temperaturas e condições.
O Orelhão hoje

Apesar de ser cada vez mais difícil encontrar
alguém usando um Orelhão no Brasil por conta do crescimento n...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.