Os Pixel Buds são os novos fones de ouvido sem fio do Google que foram apresentados no mesmo dia de lançamento dos novos smartphones Google Pixel 2 e Google Pixel 2 XL. Os acessórios chegam ao mercado para concorrer com os AirPods, da Apple.
Os fones rivais se conectam via sinal wireless com o celular, têm case que funciona também como bateria portátil e oferecem acesso a um assistente pessoal via comandos de voz. No entanto, os dispositivos têm diferenças importantes em termos de usabilidade. Conheça a seguir os recursos e os preços dos dispositivos de áudio.
AirPods são os fones de ouvido da Apple que concorrem com o Pixel Buds (Foto: Thássius Veloso/TechTudo) Testamos os Airpods; confira o review completo
Design O visual dos Pixel Buds é bem diferente dos AirPods. Os fones do Google, apesar de serem considerados “sem fio”, possuem um cabo que liga as duas peças (do ouvido direito e do ouvido esquerdo). No produto da Apple não há fio para conectar com o celular, nem entre os ouvidos do usuário. Por isso, os AirPods podem ser chamados de fones verdadeiramente wireless. Se isso é uma vantagem ou não, depende da preferência do usuário. Há quem prefira o aspecto futurista dos AirPods, que podem ser até usados de forma independente, só com um dos lados na orelha. Por outro lado, fones conectados entre si com um fio tendem a ser mais difíceis de perder.
Pixel Buds não são completamente sem fios como os AirPods (Foto: Divulgação/Google) Outra diferença fica por conta da oferta de cores. Os Pixel Buds serão vend...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.