Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.
email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

A plataforma de streaming Prime Video, segundo o site AdAge, pode ganhar uma versão gratuita, suportada por anúncios. De acordo com o portal estrangeiro, fontes ligadas ao setor de publicidade nos EUA afirmam que a gigante pretende lançar uma versão para captar mais usuários e acirrar a disputa com a Netflix.

Com a modalidade gratuita, a estratégia da empresa seria alcançar o maior número de pessoas possível e, com o passar do tempo, converter parte dos novos usuários para a assinatura paga. No entanto, em resposta ao TechTudo, a Amazon afirma que não planeja criar uma versão grátis e suportada por anúncios do Prime Video.

Amazon Prime Video pode ganhar versão gratuita com exibição de anúncios (Foto: Divulgação/Amazon)Amazon Prime Video pode ganhar versão gratuita com exibição de anúncios (Foto: Divulgação/Amazon)

Amazon Prime Video pode ganhar versão gratuita com exibição de anúncios (Foto: Divulgação/Amazon)

O Prime Video chegou ao Brasil no final de 2016 e, recentemente, cortou o preço pela metade. A mensalidade custa R$ 7,90 nos seis primeiros meses, e passa para R$ 14,90 após esse período. O preço é menor do que o cobrado pela Netflix, cuja assinatura parte de R$ 19,90.

Apesar da negativa da Amazon, o AdAge garante que executivos do ramo de propaganda estão familiarizados com o novo projeto. Segundo eles, um eventual plano gratuito do Prime Video serviria como uma nova via de escoamento de anúncios que vêm perdendo espaço no horário nobre da TV. Com a ascensão do Netflix e do próprio serviço da Amazon, usuários têm migrado cada vez mais para plataformas sem propaganda.

“A Amazon está investindo pesado em sua própria mídia e conteúdo, e pensando em como disponibilizá-la para o público. O melhor jeito de fazer isso é por meio de um modelo freemium”, opinou um dos executivos ao AdAge.

O profissional se refere ao crescente número de séries e filmes anunciados ou já lançados pelo serviço de streaming. "Mr Robot", "Transparent" e "The Man in the High Castle" são alguns dos premiados e mais famosos.

Prime Video x YouTube

Ainda segundo o AdAge, a Amazon estaria planejando abrir espaço no Prime Video também para conteúdo autoral independente. O propósito seria tentar obter parte da audiência do YouTube. A empresa estaria considerando reverter parte dos ganhos em anúncios para os criadores, em um modelo parecido com o oferecido pela plataforma do Google.

“A Amazon está falando em dar a criadores de conteúdo seus próprios canais, e em dividir o faturamento de publicidade com eles em troca de uma quantidade de conteúdo toda semana”, falou outro executivo ao AdAge, em anonimato.

Em nota enviada ao AdAge, a Amazon negou também a ideia de oferecer canais autorais no Prime Video.

Via AdAge

A Amazon entrega no Brasil? Troque dicas no Fórum do TechTudo.

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.