Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.
email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

Celulares à venda no Brasil, o Xperia XZ1 Compact (Sony) e o iPhone 7 (Apple) estão entre os aparelhos vendidos que mais emitem radiação, segundo estudo feito por um órgão alemão. O levantamento aponta que um grande número de modelos de marcas chinesas, como Xiaomi, Huawei e ZTE, no ranking mundial. A pesquisa concentra dados sobre a emissão de ondas eletromagnéticas de várias gerações de telefones celulares.

iPhone 7 é o maior emissor de radiação entre os aparelhos vendidos no Brasil, segundo Statista (Foto: Thassius Veloso/TechTudo)iPhone 7 é o maior emissor de radiação entre os aparelhos vendidos no Brasil, segundo Statista (Foto: Thassius Veloso/TechTudo)

iPhone 7 é o maior emissor de radiação entre os aparelhos vendidos no Brasil, segundo Statista (Foto: Thassius Veloso/TechTudo)

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

A medida de menor ou maior radiação é obtida por um número SAR (sigla em inglês para taxa de absorção específica), medida em W/kg (watts por quilo): ou seja, a quantidade de energia (watts) que é emitida por unidade de massa (quilo). Como pesquisas sobre o efeito da radiação eletromagnética produzida por aparelhos celulares no organismos foram inconclusivas até hoje, não existe um valor SAR estabelecido como limite seguro ao ser humano.

No levantamento, o recordista entre os aparelhos celulares emissores de radiação é o Xiaomi Mi A1, alcançando SAR de 1,75 W/kg quando usado para fazer uma ligação.

Entre aparelhos vendidos oficialmente no Brasil, o primeiro colocado é o iPhone 7 com uma marca de 1,38 W/kg, décima posição no ranking geral. Na segunda posição entre os celulares comercializados no país (11ª no geral) está o Xperia XZ1 Compact da Sony, emitindo 1,36 watts por quilograma.

Xiaomi Mi A1 é o aparelho que emite mais radiação eletromagnética (Foto: Isabela Cabral/TechTudo)Xiaomi Mi A1 é o aparelho que emite mais radiação eletromagnética (Foto: Isabela Cabral/TechTudo)

Xiaomi Mi A1 é o aparelho que emite mais radiação eletromagnética (Foto: Isabela Cabral/TechTudo)

Foram testados aparelhos da Motorola, Samsung, LG, Google, BlackBerry, HTC, OnePlus, além das já mencionadas Xiaomi, Apple, Huawei e ZTE. Para efeito de comparação, o celular com menor emissão de radiação foi o Galaxy Note 8, registrando apenas 0,17 W/kg.

A Agência Federal Alemã para Proteção Contra Radiação oferece certificação de segurança para modelos que tiveram absorção inferior a 0,6 W/kg.

Aparelhos chineses lideram o ranking (Foto: Divulgação/Statista)Aparelhos chineses lideram o ranking (Foto: Divulgação/Statista)

Aparelhos chineses lideram o ranking (Foto: Divulgação/Statista)

Chineses lideram o ranking

O levantamento mostra 15 aparelhos diferentes, classificados de acordo com o valor aferido nos testes SAR. Embora iPhone 7 e Xperia XZ1 Compact mereçam destaque por serem os únicos da lista vendidos oficialmente no Brasil, é importante observar que todos os outros 13 celulares são de marcas de origem chinesa.

Nesse sentido, o pior desempenho é o da Huawei. São seis aparelhos diferentes da marca, cinco deles na primeira metade da lista. À Xiaomi, além da liderança do estudo, coube ainda a 14ª posição para o Xiaomi Redmi Note 5 (1,29 W/kg). O OnePlus 5T e OnePlus 5 foram os aparelhos da OnePlus (1,68 e 1,39 W/kg, respectivamente) flagrados no teste. O ZTE Axon 7 Mini, na última posição (1,29 W/kg) foi o único celular ZTE a aparecer nos resultados.

Via Statista

Adesivo contra radiação de celular funciona? Usuários respondem no Fórum TechTudo

Cinco tópicos que devem ser analisados na hora de comprar celular

Cinco tópicos que devem ser analisados na hora de comprar celular

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.