Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Por Paulo Alves, para o TechTudo


O Brasil ficou na posição 71 do novo ranking de velocidade de conexão móvel divulgado pela Ookla, empresa dona do velocímetro Speedtest.net. No levantamento feito entre o segundo e o terceiro trimestres, com pouco mais de um milhão de usuários, o país aparece com taxas de download e upload 27% melhores em relação ao mesmo período do ano anterior. A avaliação apontou a Claro como a operadora com a melhor média.

A Ookla também analisou a performance da internet com 8,5 milhões de usuários de banda larga fixa. Entre o segundo e o terceiro trimestre, o país alcançou a 65ª posição no ranking, logo atrás da Índia.

Internet móvel

O Brasil registrou, em média, 18,5 Mb/s de download e 7,52 Mb/s de upload na internet em dispositivos móveis. A Claro foi a operadora com maior velocidade média do 4G, com 26,75 pontos no índice Speed Score, que reflete as taxas de download e upload combinadas. Em segundo lugar apareceu a Vivo, seguida da TIM e da Oi. A Nextel ficou na última colocação, com pontuação três vezes menor que a líder do ranking.

Além de primeiro lugar na média, a Claro foi a operadora mais rápida para baixar dados nas dez maiores cidades do país. Porto Alegre teve a melhor taxa de download nessa lista, com 24 Mb/s de média. Curitiba, Brasília e Rio de Janeiro empataram em segundo lugar com, aproximadamente 22 Mb/s de velocidade. São Paulo aparece logo atrás, com média de 20 Mb/s.

O relatório mostrou, porém, que a conexão móvel no Brasil é bastante heterogênea. Entre as cidades mais populosas, a pior conexão foi identificada em Manaus, com média de download 10 Mb/s menor que em Porto Alegre, de 14,83 Mb/s. Recife e Fortaleza mostraram médias ligeiramente maiores, mas, ainda assim, bem diferentes dos registros no Sul e Sudeste. Considerando todos os estados brasileiros, a internet é mais lenta em Roraima, Amapá e Pará, com taxas de download entre 12 e 11 Mb/s.

Banda larga

O Brasil obteve 23,64 Mb/s de média de download e 10,57 Mb/s no upload da internet fixa entre o segundo e terceiro trimestre de 2018. Assim como na conexão móvel, a distribuição desigual da infraestrutura no país contribui para a média baixa de transferência de dados. Em São Paulo, cidade com melhor resultado, os downloads alcançam a média de 36,54 Mb/s.

A operadora com melhor performance foi a NET, que entregou maiores velocidades em nove das 10 cidades mais populosas do país. Depois de São Paulo, aparecem Curitiba e Porto Alegre com 32 Mb/s, Brasília com 29 Mb/s e Rio de Janeiro e Belo Horizonte com 28 Mb/s. Manaus, Salvador e Recife têm a menor média entre as maiores cidades, com cerca de 20 Mb/s de taxa de download.

Além da NET, se destacam no ranking a Copel, que entrega a melhor relação entre download e upload do país, em Curitiba; e a Vivo, que empata com a NET na velocidade máxima de download na banda larga em São Paulo.

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.