Por Filipe Garrett, para o TechTudo

02/03/2019 08h00 Atualizado 2019-03-02T11:00:54.213Z


A GeForce GTX 1660 Ti é a nova placa de entrada da Nvidia. O modelo foi criado para atender gamers com orçamento mais apertado que buscam uma GPU que dê conta de jogos em resoluções mais baixas, como o Full HD. A novidade traz arquitetura Turing, presente nas novas RTX, mas não conta com a tecnologia de Ray Tracing. Apesar disso, o componente não é capaz de superar o desempenho da GTX 1080.

A placa da geração anterior da Nvidia tem especificações mais potentes e ainda é uma opção interessante de compra para quem deseja melhor performance de vídeo. Confira a seguir a ficha técnica dos dois modelos e saiba qual delas combina mais com seu tipo de uso.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Especificações

Apesar de ser mais recente e oferecer arquitetura superior, a GTX 1660 Ti tem especificações inferiores em relação à GTX 1080. A contagem de núcleos CUDA, por exemplo, que são encarregados de processar os dados gráficos é de 1.536, contra 2.560 da GPU lançada em 2017. As velocidades de processamento também são diferentes: a nova placa da Nvidia tem clock base de 1.500 MHz, podendo acelerar a 1.770 MHz, enquanto a GTX 1080 trabalha entre 1.607 e 1.733 MHz.

A memória dedicada dos modelos também muda, com 8 GB em GDDR5X na GTX 1080 contra 6 GB em GDDR6, padrão mais recente, na GTX 1660 Ti. A velocidade da RAM também é maior no modelo premium da linha anterior da marca, com 10 Gb/s contra os 6 Gb/s do componente recém-lançado.

Outra vantagem da GTX 1080 é a interface de comunicação entre processador gráfico e memória, que tem 256 bits contra 192 bits da nova placa. Portanto, a troca de informação também é superior: são 320 GB/s, contra 288 GB/s da GTX 1660 Ti.

Desempenho

Observando apenas as especificações, não é surpresa que reviews e benchmarks mostrem que a GTX 1080 é uma placa de vídeo com desempenho superior à GTX 1660 Ti. Enquanto a primeira roda jogos em 1440p, podendo chegar ao 4K com algumas concessões, a placa mais recente funciona bem para o Full HD – e, talvez, Quad HD (2560 x 1440p).

O UserBenchmark, uma plataforma que agrega comparações de desempenho de diferentes usuários, mostra que a GTX 1080 é, em média, 32% mais rápida. Mas comparações específicas podem definir um resultado mais preciso. O TechSpot realizou uma bateria de comparações com títulos recentes, como Assassin’s Creed Odyssey, que, rodando a 1440p, mostrou a GTX 1080 chegando a 60 fps, contra 54 fps da 1660 Ti. Em Star Wars Battlefront 2, também em 1440p, a diferença foi mais pronunciada, com a placa mais robusta chegando a 81 fps diante de 68 quadros por segundo da novata.

Recursos

Embora seja uma placa de vídeo mais recente e use arquitetura mais evoluída, a GTX 1660 Ti não é tão diferente da GTX 1080 em termos de recursos. Os modelos não contam com as tecnologias de processamento de Ray Tracing, tampouco com o hardware específico da Nvidia capaz de melhorar a qualidade gráfica de games a partir de inteligência artificial.

Por outro lado, em virtude de ambas serem placas da linha GTX, há suporte às funcionalidades extras dos drivers da marca, como Ansel e Nvidia Highlights, disponíveis para as duas placas.

Consumo e aquecimento

Em geral, mais performance vem acompanhada de maior consumo e aquecimento. A GTX 1080 tem uma TDP

... definida pela Nvidia em 180 Watts, enquanto a 1660 Ti chega com 120 Watts. Em termos de placas de vídeo, é uma diferença significativa, que fica ainda mais evidente com a recomendação da Nvidia de utilizar a placa mais robusta em um PC com fonte de 500 Watts, diferente dos 450 Watts sugeridos para dar conta da GTX 1660 Ti.

A TDP, vale lembrar, é uma medida de desperdício e considera a quantidade de calor que a placa produz durante o uso. Um valor maior normalmente está associado a maior consumo, mas também a uma maior produção de calor. Se o modelo aquece mais, vai precisar de um sistema de refrigeração mais robusto, o que também significa um PC mais barulhento.

Preços e versões

A GTX 1660 Ti foi lançada recentemente, mas já está disponível para comprar no Brasil. O componente pode ser encontrado por preços a partir de R$ 1.565 pela versão da Gainward. Modelos de Galax e Gigabyte, por outro lado, ficam um pouco mais caras: R$ 1.660 e R$ 1.695, respectivamente.

A GTX 1080 é um pouco mais difícil de encontrar no Brasil, sendo mais comum ver placas como a GTX 1080 Ti e a RTX 2080. O modelo da GTX 1080 da EVGA é anunciada por R$ 3.555, preço bem salgado se comparado ao valor da placa na mão de importadores independentes: R$ 2.700 pela 1080 Windforce da Gigabyte e aproximadamente R$ 2.500 por opções de Zotac e Galax.

A melhor medida para comparar a relação de custo benefício entre as duas é o seu perfil de uso. Jogos em resoluções mais altas vão rodar melhor com a performance superior da GTX 1080, mas o preço mais em conta da GTX 1660 Ti pode ser mais atraente para usuários menos exigentes.

Qual placa de vídeo escolher? Saiba no Fórum do TechTudo



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.