O Google Map Maker vai voltar. A gigante das buscas anunciou, nesta terça-feira (14), que a edição colaborativa de mapas no Google Maps retornará em agosto, após alguns meses fora do ar, por conta de uma polêmica edição que colocou o símbolo do Android “fazendo xixi” na marca da Apple em um determinado ponto do mapa. A brincadeira não só gerou polêmica, como um mal-estar entre rivais.
Netflix libera ranking de velocidade de Internet de junho com novo líder
Google Maps teve "brincadeira" como momento definitivo para mudanças (Foto: Reprodução/Google Maps)
O que acontecia antes do fechamento temporário do Map Maker é que qualquer usuário poderia fazer edições, abrindo espaço para este tipo de “brincadeira”. Agora, a ideia dos desenvolvedores é envolver a própria comunidade para criar uma moderação eficiente – capaz de evitar este tipo de coisa. “Vamos selecionar mappers de cada região e dar-lhes a chance de serem Líderes Regionais do Map Maker. Edições feitas por ali, deverão ser aprovadas pelo sistema de moderação automatizado do Google e pelo Líder”, explicou Pavithra Kanakarajan, gerente de produtos do Google Map Maker, em post no Google Project Forums. O Map Maker ainda vai demorar um pouco a voltar 100%. No início de agosto, usuários serão convidados para serem Líderes Regionais, e eles serão selecionados antes de o serviço reto...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.