Os iPhone 6 Plus e iPhone 6S Plus são os celulares da Apple com tela grande. Os dois smartphones têm display de 5,5 polegadas que permite usar o iOS em modo paisagem - ou seja, deitado. Embora sejam idênticos no quesito design, o iPhone 6S Plus ganhou algumas boas melhorias em relação ao seu antecessor. Veja agora quais foram as mudanças e se vale a pena comprar o mais iPhone "gigante" mais caro.

Phone 6S ou iPhone 5S: ainda vale a pena comprar o celular antigo da Apple?

iPhone 6S Plus é o celular top de linha da Apple (Foto: Carolina Machado/TechTudo)

Nova cor e carcaça

O iPhone 6 Plus, lançado em 2014, chegou nas cores tradicionais: cinza espacial, prata e dourado. Já o 6S Plus ganhou uma nova tonalidade, o rosa - ou ouro rosé, segunda a Apple.

O corpo da versão mais recente também é feito de um material diferente. Se o antecessor é de alumínio anodizado 6000, o 6S Plus conta com a mesma liga de alumínio, mas da série 7000, que é mais resistente à quedas e entortamentos.

iPhone 6S Plus tem liga de alumínio série 7000 (Foto: Divulgação/Apple)

Tela com tecnologia 3D Touch

O grande destaque do iPhone 6S é a nova tecnologia da tela: o 3D Touch. Por meio de diversos sensores, o display consegue identificar diferentes níveis de pressão. Assim, o sistema reage de modo diferente, dependendo da força e da velocidade do toque.

Ao tocar um ícone de aplicativo com mais pressão, ele exibe um menu suspenso com as opções mais utilizadas no app. Isso equivale a clicar com o botão direito do mouse no Windows, por exemplo. O iPhone 6 Plus, lançado em 2014, não conta com esta tecnologia. Vale lembrar que as demais características da tela, como tamanho, resolução e brilho, continuam iguais.

Recurso 3D Touch funciona como um clique no botão direito do mouse (Foto: Divulgação/Apple)

Qual smartphone da Apple vale mais a pena comprar? Comente no Fórum do TechTudo

Um pouco mais pesado e grosso

Devido aos novos sensores e tecnologias, o 6S Plus está ligeiramente mais pesado. Passou de 172 g para 192 g. Ele também está 0,02 mm mais grosso, passando de 7,1 mm de espessura para 7,3 mm. Mas nada que seja muito perceptível no dia a dia.

Hardware

Os novos celulares da Apple ganharam um belo upgrade em hardware. O modelo 6 Plus usa um processador Apple A8, que trabalha em conjunto com 1 GB de RAM e um co-processador de movimento M8.

Trata-se de um chip à parte responsável por processar dados sobre a movimentação do celular. Já o iPhone 6S Plus está cerca de duas vezes mais rápido. Ele conta co

... m um Apple A9, que também possui dois núcleos, mas que trabalham a 2 GHz de frequência, diferentemente do 1,4 GHz do A8. O co-processador de movimentos - dessa vez, o M9 - está integrado ao processador principal. Além disso, a Apple colocou o dobro de memória RAM, ou seja, pulou de 1 GB para 2 GB.

Wi-Fi e 4G mais rápidos

A Apple incluiu antenas e chips mais rápidos para as conexões Wi-Fi e 4G nos iPhone 6S e 6S Plus. Eles agora trabalham com até 23 bandas de redes 4G LTE. No iPhone 6 Plus, eram “apenas” 20 bandas. O 6S Plus também suporta a banda 4G-LTE Advanced, que alcança velocidades de até 300 Mbps.

Já no Wi-Fi, a empresa decidiu usar uma antena com tecnologia MIMO, que aumenta o alcance e a velocidade de redes. Com isso, os celulares podem se conectar com até 886 Mbps. Já o Bluetooth passou do 4.0 para o 4.2.

Sensor Touch ID de segunda geração

iPhone 6S e 6S Plus têm sensor de digitais aprimorado (Foto: Reprodução/Apple)

O iPhone 6S Plus trouxe também a segunda geração do sensor Touch ID. Com os aprimoramentos implementados, agora o sensor é capaz de reconhecer a digital do usuário muito mais rapidamente, tornando ainda mais prático e seguro o ato de desbloquear o seu celular. O modelo anterior, iPhone 6 Plus, usa a primeira geração do sensor.

Câmera melhorada

As duas câmeras dos novos smartphones também receberam boas melhorias. A principal saltou de 8 MP para 12 MP, além de contar com uma melhor redução de ruído e modo panorama de 63 MP, que antes era de 43 MP.

Sobre vídeos, a nova câmera do iPhone 6S Plus consegue fazer gravações em 4K, a 30 fps. Isso dá uma resolução de 3840 x 2160 pixels. Ela  também possui o recurso de estabilização óptica de imagem durante as gravações de vídeo. O modo slow motion - ou câmera lenta - agora consegue capturar imagens em 4K numa taxa de 120 fps com resolução HD, a 240 fps. Durante a filmagem, é possível tirar fotos de 8 MP.

iPhone 6S e iPhone 6S Plus trazem câmera de 12 megapixels (Foto: Divulgação/Apple)

Já a câmera frontal foi de 1,2 MP para 5 MP. Além disso, a câmera frontal do iPhone 6S Plus conta com um Flash retina, o que deixa as selfies ainda melhores. Ela continua com as mesmas funções da sua antecessora, ou seja, gravação de vídeos em HD, modo HDR automático, sensor de iluiminação traseira e modo contínuo, por exemplo.

Ambas as câmeras possuem o recurso Live Photos, que captura até 1 segundo de imagem, criando assim um GIF. Essa função inexiste no iPhone 6 Plus.

Descubra tudo sobre o iPhone 6S no vídeo abaixo



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.