Chromium é um navegador de Internet de código aberto (open-source) criado pelo Google e que serve como base para o Google Chrome. Além deste, outros desenvolvedores também utilizam o software, como as diversas versões do Opera, o Vivaldi e mesmo o Microsoft Edge.

Diferente do Chrome, o Chromium tem suporte mais restrito a arquivos comuns na Internet e alguns recursos a menos, como atualização automática, ferramentas do Google e mais. A seguir, explicamos para você o que é um navegador de código aberto, quais as diferenças entre o Chrome e o Chromium, além de como fazer para rodar o navegador no seu computador.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

O que é Chromium?

Chromium é um navegador de Internet de código aberto que serve de base para o Google Chrome, além de outros navegadores de diferentes desenvolvedores. A similaridade nos nomes Chromium e Chrome não é por acaso, uma vez que os dois projetos foram criados pelo Google e lançados simultaneamente em 2008.

O que significa dizer que o Chromium é um navegador de código aberto? O termo se refere ao fato de que o Chromium usa um tipo de licença de software que permite ao usuário ter acesso a toda a programação interna do navegador. Com isso, desde que você domine programação, é possível realizar suas próprias modificações e criar um navegador personalizado, corrigir erros e implementar funcionalidades que não fazem parte do escopo original do Chromium.

É essa a ideia por trás da atuação de companhias como Opera e Microsoft: ambas usam a base do Chromium para criar navegadores próprios, como Opera e Opera GX e o Microsoft Edge. Como o navegador permite manipular livremente a programação interna do Chromium, é possível para ambas agregar suas próprias funcionalidades e interfaces gráficas, gerando um produto que pode apresentar um resultado final bastante bastante diferente de sua origem.

Além desse tipo de uso, o fato de o código ser aberto permite que desenvolvedores do mundo todo monitorem a programação do navegador, encontrando erros, brechas e aspectos que podem ser melhorados. Bons programadores podem, inclusive, documentar esses pontos, entrar em contato com os responsáveis pelo projeto e contribuir com a evolução das sucessivas versões do Chromium.

Qual a diferença entre Chromium e Chrome?

Basicamente, o Chromium é um software de código aberto, enquanto o Chrome tem código proprietário, além de recursos específicos que interessam ao Google. O navegador oferece suporte expandido a uma maior quantidade de formatos de arquivos, como AAC, MP3, compressão H.264 e H.265, além de um mecanismo de atualização automática.

Esses e outros formatos de arquivos têm suporte limitado no Chromium, em virtude do fato de que usam codecs e ferramentas que não são gratuitas. Essa característica se relaciona ao público-alvo do produto, que difere dos usuários mais comuns que utilizam o Chrome.

Outras diferenças também podem ser encontradas. O Chrome, por padrão, impede a instalação de extensões com origem externa à Chrome Web Store, oferece recursos de acompanhamento para captar erros e submete relatórios de falhas e travamentos.

Ambas as versões também nomeiam sistemas operacionais do Google e seguem a mesma linha dos navegadores. Enquanto o Chrome OS integra os Chromebooks e é voltado para o público geral, o Chromium OS também tem como característica o código aberto e é distribuído pelo Linux, sendo comumente utilizado por desenvolvedores.

Quais outros navegadores são baseados no Chromium?

A natureza open-source do Chromium permite que el

... e seja usado por outros desenvolvedores como base de seus navegadores. Além do Chrome, o Chromium é a plataforma de Microsoft Edge, Opera (incluindo as versões para celulares), Opera GX, Vivaldi, Brave, Ungoogled Chromium (espécie de Chrome sem nada do Google incluso), Yandex, Blisk, Colibri, Epic e outros.

O Chromium é seguro?

No geral, o Chromium recebe atualizações de forma muito mais rápida que o Chrome e tende a aplicar correções importantes de segurança muito antes que o "irmão" mais famoso. Outro detalhe é que há quem prefira a alternativa de código aberto porque, com programação editável por qualquer um, existe uma hipótese de que o Chromium não é usado para rastrear seus dados.

Isso significa que, para um determinado perfil de usuário, o Chromium pode ser mais seguro e amigável com a privacidade. A contrapartida é que o navegador não é tido como um produto para consumidores domésticos em geral, e isso impõe a presença constante de bugs que não aparecem no Chrome. Além disso, não há suporte nativo a uma série de tipos de arquivos e recursos, o que pode pesar na hora de decidir qual navegador adotar como padrão.

Veja também: Como baixar tudo que o Google Maps sabe sobre você

Como instalar o Chromium?

Passo 1. Acesse o site oficial para download do projeto Chromium (download-chromium.appspot.com) e clique em "downloadchromium". No rodapé da página, você pode selecionar versões alternativas para outros sistemas operacionais;

Passo 2. Aguarde o download ser concluído e abra o arquivo ZIP que você baixou. Para executar o Chromium, basta escolher o arquivo "chrome.exe" e executá-lo;

Passo 3. O Chromium será executado normalmente no seu computador. Observe que o navegador tem um ícone diferente do Chrome. Se você quiser, pode descompactar a pasta do navegador no PC para facilitar o uso do browser.

Como desinstalar o Chromium?

O método anterior permite que você rode o Chromium no seu PC sem precisar instalar o aplicativo, de forma que você não precisa se preocupar em desinstalar o navegador como faria depois de uma instalação comum. Por isso, não é necessário remover o Chromium da máquina, bastando excluir o arquivo EXE caso desejado.

Com informações de Chromium, How-To Geek, Digital Trends, Lifewire e ZDNet

Google Chrome está sumindo com favoritos? Saiba como resolver no Fórum do TechTudo.



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

A primeira plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.