O WhatsApp é o app mais popular do Brasil, além de receber um carinho todo especial de internautas ao redor do mundo. Toda vez que o aplicativo passar por algum bug ou é alvo de golpe, rapidamente vira destaque nas redes sociais. Nesta retrospectiva especial, falaremos de como foi 2015 para o mensageiro – lembrando que ele é do Facebook.
Seu WhatsApp Web não fica online? Saiba o que pode estar acontecendo
O ano de 2015 foi marcado por alguns momentos alarmante para quem não deixa de conversar com os amigos, inclusive com o caso mais recente do apagão do WhatsApp determinado pela justiça brasileira em dezembro. Quer conhecer mais casos? Vem com a gente.
WhatsApp foi bloqueado no Brasil com determinação de 48 hroas (Foto: Anna Kellen Bull/TechTudo)
1. Bloqueio do WhatsApp no Brasil Para começar, o grande destaque aconteceu no final de 2015, mais especificamente no dia 17 de dezembro, quando o WhatsApp foi “desligado” em território nacional por determinação da justiça brasileira. O bloqueio que prometia durar 48 horas não passou nem de um dia, mas já foi motivo para a agitação de muitos usuários.  O caso rendeu até uma playlist especial do Spotify, para o tempo “offline” dos internautas. OS mais de 100 milhões de usuários brasileiros foram agradecidos inclusive pelo CEO do Facebook, que comprou o mensageiro, Mark Zuckerberg pelo apoio, com texto em português.
Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone
2. Bug no WhatsApp permite roubar dados e conversas de usuários
Uma falha no WhatsApp descoberta por um estudante de 19 anos foi divulgada em agosto deste ano. Segundo a descoberta de Ahmed Ledssays, o bug permite roubar informações pessoais de usuários e até conversas por causa de um erro no mensageiro. A falha atinge usuários de iPhone, que tem sistema móvel iOS, e foi relatada as desenvolvedores do WhatsApp. O mais assustador é que o estudante de engenharia marroquino conseguiu acessar os dados mesmo com o smartphone bloqueado.
3. Golpes disseminados pelo WhatsApp
Golpes usando marcas famosas como Starbucks são disseminados pelo WhatsApp (Foto: Divulgação/ESET)
Não é só de bugs técnicos que sofre o WhatsApp. O mensageiro também é utilizado por hackers para aplicar golpes. A intenção é roubar dados financeiros e pessoais dos usuários, que são enganados por recados vantajosos sobre descontos em lojas famosas. Para começar, a marca Starbucks foi usada com a promessa de um cupom de R$ 500 em agosto dest...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.