O Master System da Sega é um videogame que ocupa um espaço especial no coração dos jogadores brasileiros. Apesar de não ter sido sucesso mundial, o console foi especialmente bem recebido por aqui. Isso fez com que muitas das maiores curiosidades e polêmicas que envolvem o Master System tivessem uma certa influência brasileira. Confira: Lista reúne as maiores gambiarras e ‘bizarrices’ do mundo dos games Uma aliada de peso Provavelmente o principal motivo do sucesso da Sega no Brasil tenha sido a empresa que ela escolheu para representá-la: a Tec Toy. Esse nome ficou conhecido entre os jogadores pois a companhia não mediu esforços para transformar o Master System e o Mega Drive em produtos de sucesso. Campanhas tão bem direcionadas e dedicadas que fizeram os consoles parecerem brasileiros.
O Master System se tornou um sucesso excepcional no Brasil graças à Tec Toy (Foto: Reprodução/Retro Gamer)
Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone Jogos em português Uma das primeiras surpresas que a Tec Toy apresentou ao público brasileiro no Master System foram games traduzidos para o português, como o complexo RPG Phantasy Star. Jogos com grande foco em texto ou história ainda eram uma novidade na época, e quando os títulos não estavam traduzidos havia avisos na caixa que alertavam que era necessário ter conhecimento de inglês, como Alex Kidd in High-Tech World.
Phantasy Star em português foi uma das surpresas do Master System (Foto: Reprodução/A Gazeta de Algol)
Games adaptados... Alguns dos jogos japoneses do Master System eram baseados em desenhos que não eram conhecidos no resto do mundo, então a Sega os adaptava ao alterar os gráficos e a temática. Hokuto no Ken (Fist of the North Star) virou o genérico Black Belt, enquanto Anmitsu Hime se transformou em uma aventura de Alex Kidd, chamada High-Tech World.
Alex Kidd in High-Tech World era um dos jogos editados do Master System (Foto: Reprodução/Genki Video Games)
...e “abrasileirados” A Tec Toy resolveu seguir essa prática da Sega e fechou parcerias para usar personagens famosos entre o público brasileiro em jogos já existentes, mas menos populares. Assim Mônica no Castelo do Dragão foi criado em cima de Wonder Boy in Monster Land, Chapolim X Dracula: Um duelo assustador com base em Ghost House, Geraldinho no lugar de Teddy Boy e assim por diante.
Mônica no Castelo do Dragão para Master System originalmente era um jogo chamado Wonder Boy in Monster Land (Foto: Reprodu...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.