A Qualcomm, fabricante chinesa dos processadores Snapdragon, anunciou na última quinta-feira (11) um novo chipset. O processador é voltado para dispositivos inteligentes, como smartwatches, smartbands e outros gadgets da chamada Internet das Coisas. 
Snapdragon 820: entenda as tecnologias que fazem do chip um ‘monstro’
Os gadgets vestíveis atuais utilizam o processador Snapdragon 400, que foi originalmente desenvolvido para smartphones e tablets de baixo custo. Agora, a Qualcomm concentra seus esforços no Snapdragon 2100, um chipset desenvolvido especialmente para dispositivos vestíveis.
O Snapdragon Wear 2100 é 30% menor do que o Snapdragon 400, além de consumir 25% menos energia. O processador conta ainda com suporte a rádios Wi-Fi e Bluetooth de baixo consumo de energia. A empresa também utilizou um modem 4G LTE para melhorar a conectividade do dispositivo.
Qualcomm está trabalhando em um novo processador para dispositivos vestíveis (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)
Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone No quesito performance, o Wear 2100 não é muito superior ao Snapdragon 400. Como os smartwatches não sofrem com travamentos e lentidões, faz sentido manter a mesma frequência de execução das tarefas do processador. Fabricantes como a LG já estão se preparando para utilizar o Snapdragon 2100 em seus aparelhos.  Juntamente com o Snapdragon Wear 2100, a Qualco...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.