Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

O Google Chrome pode, em breve, ter a navegação no modo privado como padrão. Isso porque o Google acaba de registrar, nos Estados Unidos, uma patente que permite realizar esta alteração. O método foi registrado sob o número 8,935,798 B1 e ajuda a evitar que browsers armazenem dados.

YouTube testa autoplay para sugerir novos vídeos automaticamente

Modo anônimo poderá ser ativado automaticamente no futuro (Foto: Reprodução/Thiago Barros)Modo anônimo poderá ser ativado automaticamente no futuro (Foto: Reprodução/Thiago Barros)

A solicitação de patente foi feita em 2011, mas somente concedida no último dia 13 de janeiro. É bem provável que o Google incorpore o método ao Google Chrome, para aumentar a segurança e privacidade do usuário. E não deve ser tão difícil de aplicá-lo, já que o navegador já tem um modo de navegação privada disponível.

Segundo a patente, o browser recebe o pedido de acesso do usuário e analisa diversos fatores para definir se a página requer um modo anônimo. Caso acredite que sim, ele ativará a privacidade automaticamente, para evitar que as informações que a pessoa inserir sejam gravadas.

Isso pode ser utilizado, por exemplo, em páginas de login de serviços como e-mail e redes sociais, e também em sites de compras, onde os internautas precisam digitar diversas informações confidenciais, como por exemplo os dados do seu cartão de crédito ou números de documentos.

Via The Next Web

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.