O YouTube está com duas novidades relevantes: a primeira delas abrange o Brasil e traz a expansão da Comunidade. A função foi lançada em caráter experimental há alguns meses e permite o compartilhamento de conteúdo multimídia, como GIF, texto ou enquetes, nos canais. Já a segunda é o “Reels”, lançada, por ora, apenas no exterior, e com funcionamento similar ao polêmico Stories, do Instagram e também do Snapchat.
Como ver quais vídeos estão em alta no YouTube de outros países
O que é a Comunidade? O YouTube explica que a função Comunidade está disponível para criadores com mais de 10 mil inscritos no canal. Algumas pessoas foram selecionadas pela plataforma para testar a novidade, entre elas a cantora Anitta e o jogador de basquete Kevin Durant. O nome faz referência ao público que acompanha os ídolos para valorizar interação e proximidade com suas respectivas comunidades.
Exemplo de Comunidade no canal de Anitta (Foto: Reprodução/Felipe Vinha) Agora em expansão, e disponível para todos de acordo com o critério, a função Comunidade permite criar publicações similares a outras redes sociais, como Facebook ou Twitter, mas sem sair do YouTube. Em uma aba separada é possível postar um texto, foto, GIFs e até criar enquetes para que seus assinantes votem. Também é possível compartilhar links do seu ou de outros canais no feed. O principal objetivo é envolver mais a comunidade que acompanha os vídeos do seu ídolo, já que as publicações permitem curtidas e comentários. O YouTube recomenda que a ferramenta seja usada das mais diversas maneiras, como publicações com bastidores de gravações, promover ações especiais e, claro, interagir diretamente com o público de forma diferenciada.
Kevin Durant, da NBA, também interage com os fãs na comunidade (Foto: Reprodução/Felipe Vinha) Por ora, ainda não há planos de expandir a Comunidades para outros canais abaixo de 10 mil inscritos.
Reels vs. Stories O Reels é uma função que está estreando na plataforma, porém, por enquanto, em testes no exterior. O recurso se assemelha aos Stories, mas apenas no conceito. Seu funcionamento geral é bem diferente — ainda que o foco esteja em criar pequenos vídeos, de até 30 segundos, com a câmera de seu celular.
Exemplo de Reels no YouTube (Foto: Divulgação/YouTube) A principal diferença do Reels para o Stories é o tempo em que o conteúdo fica no ar - o vídeo não some após 24 horas. Será possível, ainda, enviar múltiplos vídeos, criar uma coleção...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.