Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Por Taysa Coelho, para o TechTudo


O Uber Eats é o serviço de entrega de comidas da Uber, com atividade em 13 países e mais de 50 cidades. O app grátis está disponível para celulares Android e iPhone (iOS) e oferece cupons de desconto, suporte a diversos restaurantes e opções de cancelamento do pedido com reembolso. Além disso, experimenta o uso de drones nas entregas, com possibilidade chegada no Brasil em cinco anos. O serviço chegou ao Brasil em dezembro de 2016 com a promessa de rivalizar com os concorrentes iFood e SpoonRocket.

A ferramenta de delivery faz parte do catálogo de negócios da Uber, conhecida pelo aplicativo de transporte urbano — com categoria especializada para empresas. Para ajudar o usuário a entender mais sobre a plataforma de entregas, o TechTudo reuniu as principais dúvida e explica questões como o funcionamento do serviço, pagamento de gorjeta e o tempo de entrega, por exemplo. Confira a lista seguir e saiba tudo sobre o Uber Eats.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

1. O que é?

O Uber Eats é o serviço de entregas de alimentos da Uber. O app está disponível para sistemas operacional Android e iOS, e reúne menus de vários restaurantes cadastrados.

2. Como funciona?

O usuário precisa baixar o aplicativo no smartphone, aguardar que ele encontre a localização ou acessar o site do Uber Eats (eats.uber.com) e inserir o endereço manualmente. Então, basta selecionar um dos restaurantes e lanchonetes disponíveis para a entrega, escolher o item desejado no cardápio e confirmar o pagamento. Caso prefira receber o pedido mais tarde, também é possível agendar um horário. Desse modo, espera a chegada do entregador ao local dentro do período de tempo estimado.

3. Preços

Diferente do concorrente iFood, que adiciona um percentual sobre o valor total para cobrar a entrega, o Uber Eats mantém uma taxa fixa de R$7,90 em cidades como São Paulo e Rio de Janeiro. No entanto, conforme o horário e a região onde a solicitação foi feita, o serviço pode cobrar um valor extra, informado no momento da conclusão do pedido. A medida, segundo o serviço, garante confiabilidade à transparência do sistema.

"A taxa garante que você possa pedir a comida que quiser, quando quiser, mesmo que o Uber Eats esteja com alta demanda em determinadas área", explica o serviço de entrega. O preço dinâmico é calculado ao levar em conta o número de pedidos feitos no momento em determinada região e a quantidade de entregadores disponíveis. O solicitante pagará o valor do pedido, o custo fixo (e a taxa extra, quando houver) e os impostos aplicáveis em cartão de crédito ou dinheiro.

4. A gorjeta está incluída no valor?

A gorjeta não está incluída no valor nem é obrigatória. No entanto, caso o usuário queira oferecer uma retribuição em dinheiro ao entregador, ele pode aceitá-la, o serviço não os proíbe.

5. Como conseguir código de desconto?

Os clientes podem obter descontos ao compartilhar via e-mail e redes sociais seu código promocional do serviço, localizado na seção "Pedidos com descontos" no perfil do app. Quando um amigo fizer um pedido pela primeira vez no Uber Eats e utilizar esse código, o usuário também recebe uma sequência para ganhar um abatimento de valor no próximo pedido feito. O benefício expira após três meses.

6. Como é calculado o tempo de entrega?

De acordo com a plataforma, o tempo de entrega é calculado a partir de uma estimativa que leva em conta o tempo médio de preparo da comida mais o necessário para o entregador levar o pedido ao destino final. "O tempo real de entrega pode variar, dependendo do movimento no restaurante, do tamanho do seu pedido, das condições do trânsito e de outros fatores", alerta o Uber Eats.

7. Como funciona a política de cancelamento?

É possível cancelar um pedido antes do restaurante aceitá-lo. Caso a necessidade de interrupção ocorra após essa etapa, a companhia informa a necessidade de entrar em contato com a equipe de suporte do Uber Eats, para que confirme com o estabelecimento se a comida já começou a ser preparada. "Caso o restaurante já tenha começado a preparar o seu pedido, não será possível fazer o reembolso", explica a empresa.

8. Concorrentes

O Uber Eats foi lançado no Brasil para fazer frente ao iFood — na época, o principal app de entregas de alimentos do mercado. Os brasileiros têm ainda a possibilidade de pedir comida sem sair de casa por meio de serviços como PedidosJá (comprado no início de 2018 pela iFood) e SpoonRocket. No entanto, cada vez mais restaurantes de fast food e grandes redes de pizzarias oferecem entregas via app, como é o caso do Habib’s, Bob’s, Pizza Hut e China in Box.

9. Testes com drones

O Uber Eats divulgou em setembro que está em desenvolvimento uma tecnologia para possibilitar entregas com o uso de drones. O objetivo é se tornar o serviço mais rápido e barato, além de expandir a abrangência do atendimento, com melhorias para a experiência do usuário. Segundo a Uber, essa novidade pode chegar ao Brasil e em outros países dentro de cinco anos. Por enquanto, o veículo aéreo autônomo é testado apenas em San Diego, Califórnia, nos Estados Unidos.

Via Uber Eats

Como cadastrar um código de desconto no iFood

Como cadastrar um código de desconto no iFood

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.