Por Clercio Rodrigues, para o TechTudo

02/02/2019 16h31 Atualizado 2019-02-02T18:31:05.002Z


FIFA é uma das franquias de simuladores de futebol mais famosas do mundo. O jogo foi lançado pela Eletronic Arts (EA) em 1993 e hoje está na edição FIFA 19. Desde sua origem, o game mudou de forma "assustadora", ganhando gráficos muito realistas e crescendo nos mundo dos esports. O TechTudo preparou um comparativo entre o jogo de 1999 e o jogo de 2019. Veja como o game era há 20 anos, quem eram seus pro players mais famosos e sua campeonatos e prêmios mais relevantes.

Gráficos e compatibilidade

Apesar de não ter sido o primeiro jogo de futebol a usar gráficos modelados em três dimensões, FIFA 99 foi um dos primeiros simuladores a oferecer uma experiência sólida com os polígonos. O game foi lançado para PC, PlayStation, Nintendo 64 e até GameBoy Color. No console da Sony, uma das plataformas em que fez mais sucesso, o título rodava em até 480 pixels e 30 FPS.

FIFA 19 é a versão mais atualizada do simulador. Disponível para PlayStation 4, PlayStation 3, Xbox One, Xbox 360, PC e Nintendo Switch o jogo aposta em gráficos realistas como um de seus diferenciais. O título roda, inclusive, no PS4 Pro ou Xbox One X em 4K a até 60 FPS.

Torneios

Os jogos da série FIFA levaram alguns anos para entrar de cabeça no cenário competitivo. Durante a vida útil do Fifa 99, por exemplo, não existia nenhum tipo de iniciativa oficial por parte da EA Sports. O placar só começou a mudar em 2004, quando foi realizada a primeira edição da Fifa Interactive World Cup (FIWC) - conhecida atualmente como Fifa eWorld Cup.

A competição reuniu os melhores jogadores da época e teve finais sediadas em Zurique, na Suíça. Quem ficou com o título foi o brasileiro Thiago Carriço de Azevedo, que venceu Matija Biljeskovic por 2-1. O campeonato não contou com premiação em dinheiro, mas o carioca recebeu seu troféu na mesma cerimônia em que Ronaldinho foi reconhecido como o melhor de futebol do mundo.

De lá pra cá, o espaço competitivo dos simuladores de futebol da Fifa não parou de crescer. Em 2018, as etapas qualificatórias da eWorld Cup alcançaram mais de 20 milhões de participantes online. A premiação também melhorou: se o investimento de 2018 for mantido, o Mundial de 2019 deverá dar pelo menos US$ 400 mil (cerca de R$ 1,4 milhões ) em prêmios. De acordo com publicação na página oficial da Fifa, o valor final da recompensa deste ano vai ser divulgado no decorrer da temporada.

Quer comprar jogos, consoles e PCs com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Pro players

Em 1999, o universo competitivo de FIFA ainda vivia na informalidade. Por isso, os players mais habilidosos do simulador daquele ano só conheceram os holofotes algum tempo depois. Um deles foi o próprio Thiago Carriço, que já havia se consagrado em torneios nacionais antes de vencer o primeiro mundial organizado pela EA.

Bruno Carriço, irmão de Thiago, também foi outro pro player de destaque e ficou em segundo lugar do pódio na World Cyber Games 2004. Na época, Bruno tinha apenas 19 anos e perdeu para o sul-coreano Dae-Han Choi. O brasileiro não foi o melhor nas “Olimpíadas dos games”, mas trouxe um prêmio de US$ 10 mil (R$ 36 mil) para casa.

Já em 2019, Rafael “rafifa13” Salles é um dos melhores pro players brasileiros de FIFA. O jogador ficou entre os oito melhores na FIWC 14 e se consagrou campeão brasileiro duas vezes (2014 e 2017)

... . Além disso, o jovem foi contratado pelo Paris Saint-Germain e se tornou o primeiro brasileiro a representar um clube de futebol do exterior nos esports.

Outro que honra o legado do futebol brasileiro é Pedro “Ichor” Resende. O goiano teve um ótimo desempenho em 2018 e terminou o Mundial entre os oito melhores jogadores no Xbox One. Atualmente, o atleta está entre os cinco mais fortes no ranking do FIFA 19 e é uma das promessas do Brasil para as competições internacionais.

O craque chegou a enfrentar o atual campeão Mosaad “MsDossary” Aldossary na Fifa eWorld Cup 18, mas acabou eliminado por 5-1. O saudita seguiu até a decisão e conquistou o título e prêmio de US$ 250 mil (R$ 914 mil).

Via Esports Earnings e FIFA eWorld Cup



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.