Uma falha no WhatsApp Web pode ter exposto dados de 200 milhões de usuários. A vulnerabilidade, que já foi reparada nas versões mais recentes do mensageiro, permitia que criminosos conseguissem acesso ao computador da vítima com um simples vCard (arquivo .vcf, padrão para o compartilhamento de informações de contato). A descoberta é da empresa de segurança Check Point. Como desconectar o WhatsApp Web aberto no PC pelo iPhone?
Para invadir o computador da vítima, os hackers enviavam cartões virtuais através do mensageiro. Os vCards, que guardam informações de um contato (nome, e-mail e etc), possuíam códigos maliciosos que, quando ativados pelo usuário, provocavam a infecção do computador com o vírus do tipo ramsomware (sequestrador), que exige o pagamento de uma quantia em dinheiro para que o dispositivo e o HD com os dados da vítima sejam liberados pelos criminosos.
WhatsApp Web pode ter colocado 200 milhões de usuários em risco (Foto: TechTudo/Lucas Mendes)
A falha foi relatada ao WhatsApp no dia 21 de agosto e uma correção para o problema foi lançada no dia 27 do mesmo mês. Segundo a Check Point, os detalhes sobre essa vulnerabilidade só foram divulgados agora, em setembro, para garantir que atualização promovida pelos desenvolvedores do mensageiro fosse bem sucedida em resolver o p...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.