O mouse é um periférico fundamental para manter uma boa experiência no uso do computador no dia a dia. É importante que o design seja confortável e estão disponíveis modelos para todos os gostos, desde os gamers até os mais básicos. Para os usuários que gostam de mais portabilidade, estão os mouses sem fio e os mais avançados, com botões extras. 
Seu mouse parou de funcionar ‘do nada’? Veja as possíveis causas e soluções 
Conheça seis dicas para escolher o modelo ideal para você. 1) Design Começando pelo visual, é importante que o mouse tenha um design ergonômico, ou seja, com uma estrutura confortável e leve para o uso. Com isso, o usuário corre menos risco de desenvolver algum problema com o uso diário do periférico, como dores no pulso ou articulações. No manual do mouse é possível ver qual tecnologia é aplicada nesse quesito e escolher o melhor modelo para você.
Estão disponíveis modelos customizados de mouses (Foto: Divulgação/Microsoft)
Então vale pesquisar por essas opções antes de investir: lembrando que cada usuário se adapta melhor com uma das versões, dependendo do tamanho da mão ou usabilidade. Não esquecendo das cores, as lojas oferecem opções em diferentes tonalidades, estampadas, e até com temas de jogos. Então, o ideal é testar o mouse pessoalmente em alguma loja e depois pesquisar os melhores preços online. 2) Mouse com fio ou sem fio? No mercado brasileiro, é possível encontrar inúmeros modelos com a opção “com fio” e “sem fio”. O primeiro precisa ser conectado...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.