Rise of Kingdoms é um jogo disponível para download no Brasil em celulares iPhone (iOS) e Android. O game de MMO de estratégia e batalhas é similar a Age of Empires, que fez sucesso nos anos 2000. Para evoluir em Rise of Kingdoms, o jogador enfrenta uma série de decisões necessárias. A primeira define a jornada inteira da saga: o player deve começar escolhendo entre 11 civilizações históricas, como os Impérios Romano e Bizantino. Depois disso, para subir de nível e avançar na história, é necessário criar boas estratégias para evoluir o exército, comandantes e construções. Confira, a seguir, cinco dicas para quem está começando a jogar Rise of Kingdoms.

Quer comprar consoles, jogos e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

1. Realize as missões diárias

Ainda no tutorial, o player é apresentado aos objetivos diários, que são missões que variam desde construir uma estrutura até lutar em batalhas, dando recompensas para auxiliar o jogador na evolução de sua civilização. Como são fáceis de serem feitas, muitas vezes é possível realizá-las enquanto trabalha em outros aspectos do game, podendo fazer mais de um objetivo ao mesmo tempo.

2. Evolua as construções

Conforme o jogador for construindo sua civilização, ele terá a opção de evoluir os prédios, inclusive a Prefeitura. O upgrade nas estruturas é necessário para que elas consigam sobreviver aos ataques de inimigos, além da possibilidade de gerarem mais recursos, como alimento, armas e treinamento para o exército. O ideal é que o jogador equilibre as evoluções, assim toda a cidade crescerá no mesmo ritmo sem pontos fracos.

3. Use bem os itens de aceleração

Logo no início da jornada, o jogador ganha itens de aceleração de construção. Usar esses recursos de forma estratégica é essencial, pois há estruturas que demoram apenas alguns minutos para ficarem prontas, enquanto outras podem demorar dias. Conforme o jogador for evoluindo sua civilização e os níveis dos prédios aumentarem, as construções vão demorar mais tempo para ficarem prontas. A Prefeitura nível 25, por exemplo, demora cinco dias. Guardar os itens de aceleração para momentos como esse pode auxiliar o jogador a obter estruturas fortes de forma mais rápida. O mesmo vale para a aceleração de treinamento, recursos e cura: utilize os itens quando o tempo de espera for realmente longo.

4. Escolha bem os comandantes

Uma das principais características de Rise of Kingdoms é a possibilidade de obter comandantes históricos para sua civilização, como Cleópatra, Joana d’Arc e Sun Tzu. No início do jogo é possível escolher apenas uma opção, mas conforme a história avança, o jogador pode recrutar outros comandantes. Como cada um dos personagens possui habilidades específicas que variam desde aumentar a produção de recursos até melhorar o exército, é importante entender quais suas vantagens e desvantagens para saber s

... e aquela é a melhor escolha para o estilo de jogo e estratégia do player.

5. Forme alianças

Assim como outros jogos do gênero, em Rise of Kingdoms é possível formar alianças com outros jogadores. Essas conexões auxiliarão na hora de atacar os adversários e também se defender, já que os aliados podem participar das batalhas juntos. Além da ajuda nos confrontos, as alianças possuem recompensas como baús e troca de recursos.

Via Rise of Kingdoms Fandom



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

A primeira plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.