O Tinder é um aplicativo de encontros amado por muitos e odiado por outros. Aos poucos, o programa para Android e iOS começou a mudar a forma como as pessoas se relacionam e, através de um match, incentivar dois usuários com alguns interesses em comum a se conhecerem. 
Programador ensina computador a escolher perfis no Tinder
Ao todo já foram mais de 9 bilhões de matches ao redor do mundo. No Brasil, o aplicativo já conta com uma base de mais de 10 milhões de usuários. Para saber mais, entenda o que é e como funciona o programa de encontros.
Aplicativo usa informações do Facebook e geolocalização para encontros (Foto: Raissa Delphim/TechTudo)
O que é e como funciona? O Tinder é um aplicativo de encontros onde o usuário pode conhecer novas pessoas que possuem interesses em comum. Para isso, o programa cruza as informações de perfil com dados de geolocalização e, com isso, sugere possíveis pretendentes que estejam relativamente próximos. Para se cadastrar no Tinder é preciso ter uma conta no Facebook. É através do perfil na rede social que o aplicativo pega as primeiras informações, como nome, profissão, idade e as fotos. O Facebook é parte fundamental do funcionamento do app, já que muitas das sugestões são baseadas nas amizades, além dos interesses em comum, como as páginas curtidas. A tela principal do aplicativo mostra as sugestões de amizade baseadas no cruzamento de informações do GPS e do Facebook. Ao deslizar o dedo em cima da foto para a direita ou clicando no coração verde você dá um like, sinalizando que tem interesse na pessoa. Ao clicar no ‘X’, ou deslizando o dedo para a esquerda, você descarta o perfil visualizado.
Não é possível saber se você foi ou não rejeitado (Foto: Raissa Delphim/TechTudo)
Para acontecer o match é preciso que a pessoa que você curtiu também te dê um like. Quando isso acontece é liberado o recurso de chat privado. Vale destacar que a pessoa não consegue identificar quando ganha um like. Ou seja, só é possível acontecer um match quando as duas, de forma aleatória, se curtem no aplicativo. A única forma de saber quem curtiu o perfil é através do Super Like, recurso para sinalizar o interesse. História O Tinder foi lançado nos Estados Unidos no final de 2012 pelos amigos Justin Mateen e Sean Rad – os outros co-fundadores são Whitney Wolfe, Chris Gylczynski, Joe Munoz e Jonathan Badeen. A ideia do app era evitar um grande problema dos sites de encontros convencionais: o extenso e cansativo cadastro em que todo usuário...


>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.