O CEO do Tinder, um dos apps de relacionamento mais usados do mundo, revelou o motivo que faz com que o aplicativo só teste novas funções na Austrália. A declaração foi dada durante uma palestra em Londres na quarta-feira (20). Segundo Sean Rad, o país foi escolhido para os testes por que fica longe do resto do mundo, o que garante que os usuários que receberam os novos recursos não vão se relacionar com os de outros lugares, nem influenciá-los.

Como descobrir se alguém ou seu namorado(a) está usando o Tinder

Tinder testa recursos novos na Austrália para evitar influência de outros locais, diz CEO (Foto: Reprodução/Tinder)Tinder testa recursos novos na Austrália para evitar influência de outros locais, diz CEO (Foto: Reprodução/Tinder)

Rad aponta que a decisão não foi complicada. “Não há muita ciência atrás disso. A Austrália é muito longe de todos os outros locais, então não há muita interferência. Claro que, se você for sair do país, é um problema”, explica.

Como impedir que meu perfil no Tinder seja visto por um usuário? Comente no Fórum do TechTudo.

Vários recursos do Tinder já foram testados no local, como a função de super-like e o “Tinder Blend”, que muda a ordem das pessoas baseado em critérios como popularidade e distância. Isto não significa que todas as opções são adotadas em todo o mundo.

Um exemplo é a possibilidade de um usuário criar um match entre dois amigos do Facebook, um recurso chamado “

... t="_self">Matchmaker”.

“Ele era muito popular apenas em um pequeno grupo de nossa audiência, mas decidimos removê-lo do app por que nossa política interna diz que se nossa base de usuários não gostarem de algo, nós o removeremos”, explica Rad.

Download grátis do app do TechTudo:
 receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Via The Guardian



>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.