Muitas redes internas corporativas, como universidades e empresas, bloqueiam o acesso a sites de redes sociais – como o Facebook – para seus usuários. Uma das formas de evitar essa limitação é por meio de um serviço de proxy, que funciona como uma espécie de intermediário entre sua rede local e o servidor desejado. O método também é útil quando uma pessoa precisa acessar um site sem deixar registros, uma vez que ele mascara sua localização real.Facebook Games: rede social terá sua própria plataforma de jogos
Serviço de proxy dribla redes internas bloqueadas e permite o uso de rede sociais como o Facebook (Foto: Melissa Cruz/TechTudo)
Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhoneO proxy funciona como um passo extra na hora de conectar a um site. Quando o usuário tenta acessar o Facebook, por exemplo, a requisição de dados é feita diretamente para o servidor da rede social, o que pode ser bloqueado em uma rede corporativa. Com a ferramenta, o pedido é feito a um servidor intermediário, responsável por se conectar à plataforma e entregar os dados ao internauta. Este método não pode ser bloqueado pela rede local, a não ser que o acesso direto ao serviço de proxy seja banido. Existem vários aplicativos e sites que oferecem esse tipo de servidor e nem todos eles são gratuitos. Ainda assim, usar um intermediário não é necessariamente uma tarefa segura, existindo várias desvantagens que podem tornar a navegação arriscada. Para acessar o Facebook através de um prox...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.