Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

Hi-Fi é uma tecnologia criada para melhorar a qualidade do áudio reproduzido em diversos aparelhos, tais como caixas de som, amplificadores e até mesmo fones de ouvido. A estrutura é positiva para quem procura mais imersão no som, mas pode não soar tão bem ao conferir os preços altos dos acessórios. 

Fone de ouvido: descubra mitos e verdades sobre o acessório

A seguir, entenda o que é o Hi-Fi e se diferencial para os audiófilos. A tecnologia busca principalmente melhorar a qualidade de faixas de música, ou até mesmo de álbuns inteiros.

Aparelho de som compatível com a tecnologia Hi-Fi (Foto: Divulgação/McIntosh) Aparelho de som compatível com a tecnologia Hi-Fi (Foto: Divulgação/McIntosh)

O que é o Hi-Fi

A sigla Hi-Fi vem do inglês e significa "Alta Fidelidade" (High Fidelity). Como o próprio nome deixa claro, o som Hi-Fi é aquele reproduzido com o máximo de fidelidade possível ao som real, com o mínimo de ruído ou distorções.

Os equipamentos de som destinados a reproduzir um áudio com essa tecnologia fazem uso da estereofonia, que significa que aquele som tem dois ou mais canais de áudio. Isso também é conhecido como som estéreo. Quem se dedica a produzir e comprar aparelhos com o selo “Hi-Fi” são, principalmente, os chamados audiófilos, que prezam até mesmo pelo menor ganho de qualidade possível.

Tanto os aparelhos que gravam os sons Hi-Fi quanto os que reproduzem são aparelhos High-end, ou seja, de alta qualidade. Assim como a qualidade, o preço também é bastante alto. Tais dispositivos diminuem ao máximo os estágios para reprodução do áudio, reduzindo assim as interferências que o som terá na saída.

Gravações especiais

Os áudios Hi-Fi são feitos a partir de gravações especiais e ao vivo (Foto: Divulgação/ZEF) Os áudios Hi-Fi são feitos a partir de gravações especiais e ao vivo (Foto: Divulgação/ZEF)

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Uma curiosidade sobre essa tecnologia é que as gravações sempre são feitas ao vivo e usam equipamentos especiais de captação e gravação. Além disso, não é utilizado nenhum tipo de efeito sonoro. Esse tipo de gravação tem por objetivo captar também a sensação de se ouvir uma música ao vivo.

Ao reproduzir um som Hi-Fi o usuário é capaz de saber a localização de cada instrumento no palco, bem como a sua profundidade, altura e até mesmo a distância do microfone que capturou o áudio. Por isso mesmo, o tipo de música mais comum com essa tecnologia é a música clássica, o jazz e o blues.

Confiabilidade

Headphone da Onkio com suporte a tecnologia Hi-Fi (Foto: Divulgação/Onkio) Headphone da Onkio com suporte a tecnologia Hi-Fi (Foto: Divulgação/Onkio)

Praticamente todos os aparelhos compatíveis com a tecnologia Hi-Fi passam por testes de audição às cegas. Isso porque, em sua maioria, o ganho de qualidade é mínimo e praticamente imperceptível para ouvidos menos treinados. Muitas vezes, a simples menção de uma marca mais conceituada faz os ouvintes terem a sensação de que o som é melhor, quando na verdade não é.

Por isso os testes cegos são tão importantes nesse tipo de tecnologia, pois é através deles que a indústria sabe que realmente a qualidade do áudio reproduzida é bem próxima da realidade.

Fone de ouvido Bluetooth: qual o melhor custo-benefício? Opine no Fórum do TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.