Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.

O PS4 Pro é o novo console da Sony lançado em 10 de novembro, nos Estados Unidos. Sem previsão para ser vendido em caráter oficial no Brasil, o videogame traz suporte às tecnologias 4K e HDR, sendo duas vezes mais potente em comparação ao modelo padrão. Confira nossas impressões:

PS4 Slim será lançado no Brasil no fim de novembro por R$ 2.399

PS4 mais poderoso

Revelado durante o evento PlayStation Meeting, em setembro deste ano, junto ao PS4 Slim, o PlayStation 4 Pro é, basicamente, uma versão mais potente do console de oitava geração da Sony. Maior, mais largo e pesado – com pouco mais de meio quilo, em comparação ao PS4 -, o novo console demonstra ser superior já no aspecto visual.

Confira as impressões do PlayStation 4 Pro, o console mais potente da Sony (Foto: Victor Teixeira/TechTudo)Confira as impressões do PlayStation 4 Pro, o console mais potente da Sony (Foto: Victor Teixeira/TechTudo)

Visual

Diferentemente do PS4 padrão, o PS4 Pro conta com botões físicos; o botão de ligar e desligar no canto esquerdo, e o botão de ejetar a mídia no canto inferior esquerdo. Na parte superior, a tampa esmaltada foi removida. Agora, a superfície em preto fosco tem apenas o símbolo prateado da marca PlayStation no centro.

Por se tratar de um console premium, o acabamento é diferenciado. Os símbolos característicos do joystick do PlayStation, por exemplo, estão distribuídos na parte inferior – que servem como a base do videogame.

O PlayStation Pro, embora seja um console robusto, é mais silencioso. Seja no processo de instalação ou durante o gameplay, o fato é que o barulho do periférico de ventilação passa despercebido. Notamos também que ele aquece menos, justamente por ser maior e permitir que os componentes internos fiquem separados. Além disso, as saídas de ar são maiores, tanto laterais como a da parte traseira.

PS4 Pro tem visual renovado (Foto: Victor Teixeira/TechTudo)PS4 Pro tem visual renovado (Foto: Victor Teixeira/TechTudo)

DualShock 4 

O novo DualShock 4 talvez não seja tão novo assim. O mesmo design foi mantido, porém há ajustes pontuais nos gatilhos, cujos botões estão curvados e menores, e nos analógicos, que aparentam ser levemente maiores. No centro do joystick, no botão Touchpad, agora há uma luz semelhante a da parte de trás, proporcionando um visual bastante agradável.

Desempenho

A primeira pergunta que deve ser feita é: você tem uma televisão com suporte a 4K e HDR? Se a resposta for não, pouca coisa vai mudar. O PlayStation 4 Pro em uma televisão padrão com resolução de 1080p tem o mesmo desempenho do PlayStation 4 comum. De verdade, não muda absolutamente nada.

A placa de vídeo do novo console ainda é uma AMD Radeon, mas com o dobro de poder do PS4, ou seja, foi de 1,8 TFlops para 4,2 TFlops. O processador do PS4 Pro é um AMD Jaguar de 8 núcleos, com velocidade de processamento de 2,1 GHz.

Multiplayer de Battlefield 1 no PS4 Pro (Foto: Reprodução/Victor Teixeira)Multiplayer de Battlefield 1 no PS4 Pro (Foto: Reprodução/Victor Teixeira)

Durante os nossos testes com um televisão básica, sem tecnologia 4K, o tempo de carregamento foi essencialmente o mesmo, assim como as quedas de frames, que não foram corrigidas pelo console mais potente. As diferenças passam a ser nítidas quando o PS4 Pro é conectado à TV com 4K e HDR.

No entanto, é preciso lembrar que o jogo em questão precisa estar atualizado para o novo console, pois a qualidade varia de game para game. Títulos que não receberam updates com melhorias para o PS4 Pro, vão rodar em upscale para 4K. O mesmo acontece com filmes e outros conteúdos de entretenimento.

Caso o jogo tenha suporte ao PS4 Pro, como é o caso de Battlefield 1, Call of Duty: Infinite Warfare e Fifa 17, o desempenho superior vai fazer a diferença. Em Fifa 17, por, exemplo, o Pro consegue fazer o simulador de futebol rodar a 4K nativo e 60 fps, garantindo, também, uma densidade maior em sombras e luzes.

Ratchet & Clank no PS4 Pro usa bem o recurso HDR (Foto: Reprodução/Victor Teixeira)Ratchet & Clank no PS4 Pro usa bem o recurso HDR (Foto: Reprodução/Victor Teixeira)

Battlefield 1, por sua vez, mesmo não conseguindo atingir o 4K nativo, traz imagens bem definidas e um nível de detalhes superior ao que foi visto no PS4, com camadas adicionais em texturas, o equivalente a qualidade do PC na configuração mais alta. A resolução dinâmica também se beneficia do poder de processamento do novo hardware.

No caso de Ratchet & Clank, ele foi otimizado para tirar proveito não só do 4K, mas também do HDR, que serve para ampliar o alcance dinâmico da imagem. O resultado final  é surpreendente: cenários com cores vibrantes, densidade maior em sombras e uma performance incrível, sem gargalos.

A lista inicial de jogos com suporte ao PS4 Pro já conta com mais de trinta nomes de peso, como Deus Ex: Mankind Divided, Fallout 4, Middle Earth, Shadow of Mordor, NBA 2K17 e Rise of the Tomb Raider, Além de títulos multiplataforma, os games exclusivos da Sony já estão na lista, incluindo The Last of Us Remastered, Uncharted 4 e InFamous: Second Son.

O ponto negativo é que, mesmo sendo capaz de sustentar conteúdo em 4K, o videogame não traz um leitor Blu-Ray com a finalidade de ler discos em resolução mais alta, algo que o Xbox One S, a versão slim da plataforma da Microsoft, já faz. Uma omissão questionável por parte da Sony.

Conclusão

Com melhorias pontuais em design e ajustes de desempenho, o PS4 Pro é uma excelente edição de um console que já era bom. Contudo, mesmo sendo mais potente, ele ainda depende da iniciativa dos desenvolvedores para agradar os fãs. Isso porque cabe ao estúdio responsável decidir se vai ou não oferecer suporte à versão mais poderosa do PS4.

Além disso, o produto é destinado somente ao jogador que tem uma TV 4K, de preferência com suporte a HDR, visto que a qualidade de imagem do PS4 Pro em televisões comuns é exatamente a mesma do PS4 padrão.

PS4 Slim ou Pro: quais as diferenças e qual vale a pena? Converse com outros jogadores em nosso Fórum!

    Sobre Gerência Imóveis

    Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.