Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.
email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

A Parrot é conhecida no mercado pela qualidade e diversidade dos seus drones. Seus modelos vão além de voar e alguns também têm a capacidade de se locomover na água e até fazer saltos. Com design fora do padrão, eles chamam atenção à primeira vista e os preços variam de acordo com seu tamanho, capacidade e desempenho. Confira abaixo os modelos mais peculiares da empresa.

O modelo se assemelha a um avião e alcança velocidades de até 80 km/h (Foto: Divulgação/Parrot)O modelo se assemelha a um avião e alcança velocidades de até 80 km/h (Foto: Divulgação/Parrot)

O modelo se assemelha a um avião e alcança velocidades de até 80 km/h (Foto: Divulgação/Parrot)

Parrot Disco

O Parrot Disco é um drone com asas e pode atingir velocidades de até 80 km/h. O piloto automático aliado aos sensores (giroscópio, magnetômetro, GPS, acelerômetro e barômetro) é capaz de controlar o dispositivo quando lançado para cima, onde ganha altitude até que seja controlado pelo usuário. O Parrot Disco pesa 700 g e possui bateria com duração para até 45 minutos de voo. O drone possui câmera de 14 MP que pode ter sua imagem vista com o óculos Cockpitglasses e controlado pelo SkyController, ou ainda ter um plano de voo previamente montado direto do aplicativo para celular. No Brasil, o modelo pode ser adquirido por R$ 8.999.

Parrot Bebop

Apesar de ser da Parrot, este modelo está mais próximo do padrão de drones. Ele conta com 4 hélices para garantir mais estabilidade durante o voo e pode ser pilotado numa distância de até 2 km. O compacto aparelho pesa apenas 500 g e tem bateria com capacidade para voar por até 25 minutos. Para acompanhar o voo em primeira pessoa, o Bepop conta com uma câmera de 14 MP que captura imagens que também podem ser vistas pelo óculos Cockpitglasses. O modelo está disponível no Brasil por R$ 5.299.

Sua câmera permite visualizar imagens em primeira pessoa (Foto: Divulgação/Parrot)Sua câmera permite visualizar imagens em primeira pessoa (Foto: Divulgação/Parrot)

Sua câmera permite visualizar imagens em primeira pessoa (Foto: Divulgação/Parrot)

Parrot AR.DRONE 2.0

O Ar.Drone 2.0 possui quatro hélices que são protegidas por uma estrutura de isopor - provavelmente para evitar acidentes. O modelo conta com uma câmera que é capaz de gravar vídeos em HD e pode ser controlado diretamente da tela do smartphone ou do tablet. Sua bateria garante 36 minutos de voo e seu raio de alcance chega a 50 metros. As imagens capturadas podem ser compartilhadas nas redes sociais por meio do próprio aplicativo. Este modelo pode ser adquirido por R$ 1.200, na média.

São 36 minutos de voo e videos em HD (Foto: Divulgação/Parrot)São 36 minutos de voo e videos em HD (Foto: Divulgação/Parrot)

São 36 minutos de voo e videos em HD (Foto: Divulgação/Parrot)

Parrot HYDROFOIL NEWZ

Um barco que voa: esse é o primeiro pensamento de quem vê o modelo Hydrofoil. Seu design faz referência a um barco, embora conte com hélices no seu mastro. O modelo é capaz de deslizar sobre à água sem afundar e para voar; basta desacoplar do barco. Na água, o modelo alcança uma velocidade de 10 km/h e no ar chega a 18 km/h. O controle pode ser feito por meio do aplicativo para celulares e tablets, onde é possível fazer manobras e acrobacias com o drone. Seu raio de alcance é de 20 m e sua bateria garante 9 minutos de operação. O modelo pode ser adquirido por R$880, em média.

Um mini drone capaz de voar e nadar ao mesmo tempo (Foto: Divulgação/Parrot)Um mini drone capaz de voar e nadar ao mesmo tempo (Foto: Divulgação/Parrot)

Um mini drone capaz de voar e nadar ao mesmo tempo (Foto: Divulgação/Parrot)

Parrot JUMPING RACE

O Jumping race é um mini drone que não voa, mas salta. Isso mesmo, seu formato é de um mini carro com duas grandes rodas que garantem estabilidade no trajeto. O modelo faz saltos de até 75 cm de altura e corre numa velocidade de até 13 km/h. Sua bateria possui capacidade para 20 minutos de corrida e ele é controlado por meio do aplicativo disponível para smartphone e tablets. Seu formato garante a possibilidade de realizar acrobacias em terra, podendo girar em seu próprio eixo, além de contar com uma câmera que transmite as imagens em tempo real. Ele pode ser adquirido por R$ 880, aproximadamente.

Diferentemente dos outros mini drones, esse não voa, apenas salta (Foto: Divulgação/Parrot)Diferentemente dos outros mini drones, esse não voa, apenas salta (Foto: Divulgação/Parrot)

Diferentemente dos outros mini drones, esse não voa, apenas salta (Foto: Divulgação/Parrot)

Parrot SWING

Este mini drone traz um design diferente. São 4 placas; duas de cada lado, que se assemelham a asas, mas com hélices nas pontas. O modelo conta com piloto automático, aterrissagem vertical e o modo avião; que possibilita ao drone fazer acrobacias no ar em alta velocidade. O Swing alcança velocidade máxima de 30,6 km/h e possui 61 minutos de autonomia de voo. O controle pode ser feito pelo Flypad ou pelo celular. No Brasil, o Swing está disponível por R$ 899, nas cores preto e branco.

O Swing conta com piloto automático e alcança até 30 km/h (Foto: Divulgação/Parrot)O Swing conta com piloto automático e alcança até 30 km/h (Foto: Divulgação/Parrot)

O Swing conta com piloto automático e alcança até 30 km/h (Foto: Divulgação/Parrot)

Além da câmera, quais funcionalidades os drones poderiam ter? Comente no fórum do TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.