Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.
email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

O aplicativo de localização Waze começou a pedir que os usuários avisem sobre a disponibilidade de gasolina e outros combustíveis nos postos que aparecem no mapa. De acordo com a empresa, um aviso sobre a ferramenta foi enviado hoje a 9 milhões de adeptos do aplicativo.

O TechTudo apurou que a novidade foi desenvolvida a pedido da própria comunidade de usuários, devido ao desabastecimento derivado da greve dos caminhoneiros. Todo o processo de criação da ferramenta levou algumas horas.

“Ajude sua comunidade a achar combustível”, diz a mensagem no Waze (Foto: Divulgação / Waze)“Ajude sua comunidade a achar combustível”, diz a mensagem no Waze (Foto: Divulgação / Waze)

“Ajude sua comunidade a achar combustível”, diz a mensagem no Waze (Foto: Divulgação / Waze)

O motorista que parar o carro em um posto de combustível poderá marcar se ali tem gasolina, etanol e diesel. Segundo o aplicativo, os dados são fornecidos pela própria comunidade, num modelo colaborativo.

A informação adicional passa a fazer parte de um recurso que o aplicativo apresentou em janeiro deste ano. Ao tocar no campo de busca, uma das opções é o ícone de bomba de combustível. Ao selecioná-la, o usuário já encontrava os estabelecimentos mais próximo. O Waze mostra os valores cobrados e oferece filtros por preço ou distância.

A crise e o desabastecimento fez com que os trajetos por postos de gasolina aumentassem 235% nesta semana, na comparação com a semana anterior, de acordo com levantamento do Waze.

Funções pouco conhecidas do Google Maps

Funções pouco conhecidas do Google Maps

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.