Não está com tempo de ler? Ouça este conteúdo.
email facebook googleplus pinterest twitter whatsapp

O CBLoL, campeonato brasileiro de League of Legends, foi inaugurado em 2012. Após sete temporadas disputadas, vários atletas despontaram no cenário nacional. Cinco jogadores, entretanto, se sobressaíram em relação aos demais. Foi pensando nisso que o TechTudo selecionou os maiores atletas da história, levando em conta três quesitos: títulos conquistados, popularidade e tradição no campeonato. Confira abaixo o ranking.

5º – Matheus "Mylon'' Borges

Com três títulos na conta, Mylon trilhou carreira vitoriosa no CBLoL (Foto: Reprodução/Riot Games)Com três títulos na conta, Mylon trilhou carreira vitoriosa no CBLoL (Foto: Reprodução/Riot Games)

Com três títulos na conta, Mylon trilhou carreira vitoriosa no CBLoL (Foto: Reprodução/Riot Games)

Conhecido pela personalidade forte e pela longevidade no cenário, Mylon foi um dos melhores topos da história. O jogador iniciou a carreira profissional em 2012, quando disputou a primeira edição oficial do campeonato brasileiro. A estreia, a propósito, foi com o pé direito. Com a camisa da extinta vTi Ignis, Matheus levantou a taça inédita do CBLoL.

Mylon se consolidou como atleta e trilhou uma carreira de sucesso. Em 2014, se transferiu para a Keyd Stars e conquistou o bicampeonato. Um ano depois, acertou ida à paiN Gaming, equipe pela qual mais se destacou. O top laner competiu seis splits, alcançou o terceiro título do torneio e foi protagonista da melhor campanha brasileira em Mundiais.

O tricampeão protagonizou jogada icônica na final de 2015. Com dois a zero no placar agregado e 42 minutos no relógio, a paiN precisava de apenas uma vitória para erguer o troféu. O topo foi sozinho à base inimiga e, mesmo sob a vigia de dois adversários, derrubou o nexus da INTZ. Cansado da profissão, Matheus se aposentou no fim de 2017.

4º – Gabriel "Kami'' Bohm

Atleta de um time só, Kami fez história na paiN Gaming (Foto: Reprodução/Riot Games)Atleta de um time só, Kami fez história na paiN Gaming (Foto: Reprodução/Riot Games)

Atleta de um time só, Kami fez história na paiN Gaming (Foto: Reprodução/Riot Games)

Poucos atletas conseguem permanecer em apenas uma equipe durante a carreira. No League of Legends não seria diferente. O único jogador do cenário brasileiro a alcançar este feito foi Kami. O habildoso meio de 22 anos foi contratado pela paiN Gaming em 2011 e desde então nunca mais abandonou o time. Foram seis temporadas como titular do elenco.

Carismático fora dos servidores e plástico dentro de Summoner's Rift, Kami conquistou uma legião de fãs. Mas não só de popularidade vive o mid laner. Gabriel tem um curríciculo brilhante como profissional do game. No bolso figuram dois títulos de CBLoL, dois vice-campeonatos, um International Wildcard e uma participação no Mundial de 2015.

Após anos ininterruptos atuando em alto nível, Kami anunciou pausa na carreira no início de 2018. O craque da paiN Gaming continua como streamer da organização, mas disse estar focado em projetos pessoais no momento. O comunicado oficial, no entanto, desmente uma possível aposentadoria e não descarta um retorno ao horizonte competitivo.

3º – Gabriel "Henud'' Revolta

Rei dos roubos, vencedor nato e líder. Revolta revolucionou a selva!  (Foto: Reprodução/Riot Games)Rei dos roubos, vencedor nato e líder. Revolta revolucionou a selva!  (Foto: Reprodução/Riot Games)

Rei dos roubos, vencedor nato e líder. Revolta revolucionou a selva! (Foto: Reprodução/Riot Games)

Na voz do narrador Diego "Toboco" Pereira, o bordão ''É incrível, é o Revolta!'' imortalizou Gabriel Henud como o maior caçador brasileiro da história. O atual jungle da Vivo Keyd conquistou o público com roubos de Barão, agressividade dentro de jogo, liderança em tomadas de decisão e técnica muito bem apurada. Não à toa, levantou três taças de CBLoL.

Além dos títulos nacionais de 2015 e 2016, Revolta ainda conquistou três vice-campeonatos, dois Rift Rivals e um International Wildcard. O carioca de 22 anos também chegou a disputar o Mundial de 2016 pela INTZ, mas ficou apenas na lanterna do grupo C. Antes do sucesso pelos Intrépidos e pelos Guerreiros, Gabriel atuou por Insight eSports e CNB.

O caçador foi referência de uma dinastia que durou dois anos. No intervalo do tricampeonato, a INTZ de Revolta, micaO, Jockster, tockers e Yang foi o grande time a ser batido no Brasil. As peças do ''Exodia'' – como ficaram conhecidos por grande parte da mídia e da torcida – constituíram o quinteto mais bem-sucedido desde a criação do torneio.

2º – Gabriel "tockers'' Claumann

Bem-sucedido no cenário, tockers é tetracampeão do CBLoL (Foto: Reprodução/Riot Games)Bem-sucedido no cenário, tockers é tetracampeão do CBLoL (Foto: Reprodução/Riot Games)

Bem-sucedido no cenário, tockers é tetracampeão do CBLoL (Foto: Reprodução/Riot Games)

Outro atleta da Vivo Keyd e do famoso "Exodia'', tockers faz parte do quinteto mais vencedor da história do CBLoL. O mid laner, no entanto, se diferencia de Revolta em apenas um detalhe: quando esteve longe dos companheiros, foi o único a alcançar um novo título do campeonato. Portanto, além do tricampeonato pela INTZ, Gabriel foi campeão pela quarta vez.

O tetracampeonato veio com a camisa da RED Canids, em 2017. Junto de brTT e outros craques do Brasil, o meio foi peça fundamental da campanhas dos Lobos naquela ocasião. Os dois atletas, a propósito, são os únicos a conquistarem quatro títulos até hoje. Símbolo de sucesso, habilidade e determinação, tockers fica com o segundo lugar do ranking.

1º – Felipe "brTT'' Gonçalves

brTT é, sem dúvidas, o maior da história! (Foto: Reprodução/Riot Games)brTT é, sem dúvidas, o maior da história! (Foto: Reprodução/Riot Games)

brTT é, sem dúvidas, o maior da história! (Foto: Reprodução/Riot Games)

Seja pelos bordões emblemáticos, jeito marrento, carinho com os fãs ou títulos conquistados, brTT é o atleta que mais contribuiu para a popularização do League of Legends enquanto esport no Brasil. Por isso, o atual atirador do Flamengo pode ser considerado o maior jogador da história do CBLoL. Uma carreira perfeita que iniciou-se em 2011.

Desde então, brTT acumulou passagens por paiN Gaming, Keyd Stars, RED Canids e Flamengo. Foram sete temporadas disputadas e quatro troféus erguidos, além das participações internacionais no Mundial de 2015 e no Mid-Season Invitational de 2017. Felipe também soma títulos do International Wildcard e do Rift Rivals. Experiente no cenário, brTT provou o seu valor em diferentes equipes do CBLoL. Ter se tornado o atleta mais popular do Brasil é apenas reflexo de sua grandeza como profissional.

Craque do Flamengo em LoL, BrTT dá entrevista ao TechTudo

Craque do Flamengo em LoL, BrTT dá entrevista ao TechTudo

LoL ou Dota, qual o melhor jogo? Comente no fórum TechTudo.

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.