Bancos poderão, no futuro, verificar se seus amigos têm débitos pendentes antes de conceder um empréstimo a você. Isso é o que sugere uma nova patente do Facebook, registrada nos Estados Unidos, que poderá permitir que instituições financeiras acessem o "histórico social" de seus contatos mais próximos na hora de fazer uma análise de crédito. Entenda a polêmica da 'análise de crédito'.
Facebook muda algoritmo para quem oculta muitos posts no feed; entenda
Bancos poderão rastrear situação financeira de seus amigos no Facebook antes de conceder empréstimos (Foto: Pond5)
A invenção menciona um sistema de bloqueio de spam teoricamente mais eficiente que, graças ao rastreio de uma rede de contatos, consegue determinar a validade de um e-mail suspeito. O problema é que a patente também engloba o mesmo sistema de rastreamento de contatos para outros fins, entre eles a concessão de empréstimos baseado nas suas conexões de amizade. “Quando um indivíduo pede um empréstimo, o credor analisa o poder de crédito dos contatos da rede social (...). Se a classificação de crédito média desses contatos atender a uma pontuação mínima de crédito, o credor dá prosseguimento ao pedido de empréstimo. Caso contrário, o pedido é rejeitado”, descreve a patente. Como em qualquer caso de documento de patent...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.