A Microsoft anunciou oficialmente o lançamento do Windows 10 IoT Core, uma edição do seu novo sistema operacional voltada para a Internet das Coisas. Compatível com placas Raspberry Pi 2 e MinnowBoard Max, a versão chega com muitas possibilidades de prototipagem para desenvolvedores.
Physical Web: entenda o projeto sobre a Internet da Coisas do Google
Windows 10 para a Internet das Coisas está em destaque na Microsoft (Foto: Reprodução/Aline Jesus)
O que é o Windows 10 IoT Core A Microsoft já havia anunciado que o Windows 10 para a Internet das Coisas seria dividido em “classes”. Essa é a primeira delas: dispositivos pequenos que podem ter ou não telas. Além dela, ainda vão ser disponibilizadas uma versão para os dispositivos móveis e outra para os de indústria.
Sistema é dividido em tipos de dispositivos (Foto: Reprodução/Aline Jesus)
Qual é o melhor Windows de todos os tempos? Comente no Fórum do TechTudo.
No Windows 10 IoT Core, os aplicativos que são produzidos por desenvolvedores são os Apps Universais. Além disso, a exigência de hardware onde a máquina vai rodar é bem pequena: 256 MB de RAM e 2 GB de espaço para armazenamento. O sistema ainda é compatível com os processadores X86 ou ARM. Desenvolvida para trabalhar com linguagens open source, essa versão pode ser usada com o Visual Studio. A atualização para ela, que estava em testes desde a Build, traz suporte a Wi-Fi e Bluetooth, novas APIs, que facilitam o controle de configurações e melhorias de performance no Raspberry Pi 2.
Raspber...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.