Nos últimos anos, a AMD tem perdido terreno para a Intel quando o assunto é processadores de alto desempenho. Mas isso pode mudar a partir de 2016, quando a empresa americana vai lançar os novos CPUs com a arquitetura Zen. Saiba o que esperar da tecnologia e como isso pode impactar no mercado de PCs. Conheça os melhores processadores AMD para jogos disponíveis no Brasil Em entrevista a um jornal de Austin, onde fica uma das fábricas da empresa, Suzanne Plummer, chefe da equipe do Zen, disse que é a primeira vez em vários anos que os engenheiros da AMD têm total liberdade para trabalhar em uma arquitetura de CPU. Isso pode significar que a empresa definitivamente abriu os cofres para o desenvolvimento e está disposta a retomar a liderança em processadores de alto desempenho.
Processadores Zen podem acirrar disputa entre AMD e Intel (Foto: Divulgação/AMD)
Maior performance Em uma conferência para investidores em maio, a AMD revelou alguns detalhes sobre os novos processadores Zen. E as informações são animadoras. De acordo com os gráficos, as CPUs Zen tem 40% mais instrução por clock do que os chips “Excavator”. Isso quer dizer que trabalhando em uma mesma frequência a quantidade de cálculos é bastante superior do que o modelo da geração atual. Menos núcleos, mais eficiência Construído em um processo de fabricação de 14nm na arquitetura x86, a AMD vai apostar em mais eficiência por núcleo do que uma maior quantidade de cores. O responsável por isso é o Multithreading Simultâneo (SMT, na sigla em inglês), semelhant...

>>> Veja o artigo completo no TechTudo

Sobre Gerência Imóveis

Única plataforma que conecta o proprietário à imobiliária e/ou corretor de imóveis com o foco em potencializar as vendas e torná-las mais seguras maximizando o tempo do corretor.